Futebol

24 maio 2021, 00h40

Jorge Jesus

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

No Estádio Cidade de Coimbra, o SC Braga venceu o Benfica por 2-0 na final da 81.ª edição da Taça de Portugal. A partida ficou marcada pela expulsão forçada de Helton, aos 17', e Jorge Jesus, no fim, reconheceu: "Fomos uma equipa digna."

Apesar da derrota, o técnico lembrou, em conferência de Imprensa, que a equipa teve oportunidades e procurou soluções para inverter o resultado; reforçou que as finais devem ser apitadas pelos melhores e não premiar árbitros em final de carreira, lamentou não poder dedicar uma conquista aos Benfiquistas e garantiu já estar a preparar a temporada 2021/22.

Final da Taça de Portugal

Expulsão que desequilibrou

"Ficámos sem um jogador [cartão vermelho a Helton aos 17'] num lance… até admito que o árbitro não tenha visto o lance, mas o VAR viu e o Helton não toca no Abel Ruiz, que se fez à expulsão. Ainda por cima, a bola está a sair da zona da baliza, daquilo a que chamamos de 'zona de funil'. Esse lance foi determinante, ficámos a jogar com menos um. A equipa, nos 10/15 minutos após a expulsão, teve algum desequilíbrio, mas depois manteve. A acabar a primeira parte, o Julian [Weigl] tem uma grande possibilidade de fazer o 0-1 e depois sofremos o 1-0 nos descontos, numa situação fácil para a nossa equipa. A perder por 1-0, e com menos um, as coisas ficaram mais complicadas, mas os jogadores do Benfica acreditaram que podiam dar a volta, equilibrámos e procurámos soluções, mesmo com menos um. Quando fomos à procura de tudo, sofremos o segundo golo. Não disputámos o jogo como seríamos capazes."

Final da Taça de Portugal

Final da Taça de Portugal: a análise

"Sabíamos que o jogo ia ser difícil, o SC Braga tem uma boa equipa, nós também temos e estávamos a passar um bom momento. Sabíamos que teríamos de ser a equipa que fomos ao longo das últimas quinze jornadas do Campeonato Nacional. Onze contra onze íamos estar no jogo como estava o SC Braga. A equipa esteve bem. Foi notório que nos faltou poder ofensivo, faltou-nos criatividade. A principal responsabilidade de não termos ganho foi o facto de não termos tido tanto poder ofensivo. O SC Braga ganhou bem, soube jogar com mais um e aproveitou dois erros nossos. Há que dar os parabéns ao SC Braga. É uma derrota pesada, que nos deixa tristes, porque acreditávamos na vitória na final. Era o último jogo, tínhamos a possibilidade de discutir o título e é sempre bom quando temos essa possibilidade. Fomos uma equipa digna."

Final da Taça de Portugal

Prova-rainha merece os melhores árbitros

"Isto de premiar o árbitro que vai acabar a carreira colocando-o a apitar a final da Taça de Portugal tem de acabar. A final da Taça de Portugal é para ser apitada pelos melhores árbitros e não pelos que estão a terminar a carreira. Todos os anos, a escolha do árbitro para a final da Taça é o que está a terminar a carreira. Isto, no futuro, não pode continuar."

Final da Taça de Portugal

Disputar um título é sempre importante

"Esta final era importante conquistar porque era um título. A possibilidade de poder discutir um título é sempre bom. Até pelos adeptos. Ainda na saída do hotel até ao estádio recebemos o apoio de uma grande mancha de Benfiquistas. Mas não justifica uma época que não foi boa. Sobre a época, a análise que posso fazer é que falhámos. Mesmo que ganhássemos hoje [domingo], e até já tinha dito isso."

Final da Taça de Portugal

Preparar a próxima época com novas ideias

"Estamos a preparar a próxima época, já estávamos a fazê-lo antes da Taça de Portugal. Cometemos alguns erros nesta época e já estamos a trabalhar para que não voltem a acontecer. Não gosto de sair dos clubes a perder. Saí do Benfica [2014/15] e do Flamengo [2019/20] a ganhar. A nova época vai trazer novas ideias. Vamos ter já [em agosto] uma eliminatória de acesso à Champions League que é muito importante para o Clube."

Texto: Diogo Nascimento e Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro e Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 23 de maio de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Futebol

V. Guimarães-Benfica em imagens

No Estádio D. Afonso Henriques, o Benfica empatou com o Vitória de Guimarães (3-3), nesta quarta-feira, em jogo da 2.ª jornada do grupo A (fase 3) da Taça da Liga. Depois do autogolo de Alfa Semedo, Pizzi marcou o segundo golo e Nemanja o terceiro pelos encarnados. Veja aqui as melhores imagens do encontro...

Futebol

Taça da Liga: antevisão de Jorge Jesus | #VSC-SLB

O Benfica venceu (1-3) o Vitória de Guimarães, na Cidade-Berço, na 7.ª jornada da Liga Bwin, mas, desta feita, para a 2.ª jornada do grupo A (fase 3) da Taça da Liga, Jorge Jesus sabe que terá um contexto competitivo "diferente". Mas o técnico, esperando um rival com o seu "melhor onze" e tendo de modificar a equipa em função da densidade competitiva a que tem estado sujeita, deixou claro, em declarações à BTV, que o coletivo "está preparado" para um embate "extremamente difícil".

Futebol

Por dentro do jogo com o Vizela

Um golo de Rafa, aos 90'+8', levou a crença Benfiquista à explosão de euforia de todos os que sentem e vivem o clube! Muitos deles estiveram em Vizela horas antes do início do duelo, demonstrando o seu amor. A receção à equipa do Benfica foi carregada de paixão e o 0-1 final, no desafio da 9.ª jornada da Liga Bwin, trouxe um sentimento de dever cumprido! Antes, durante e depois, os Benfiquistas disseram presente no apoio à equipa. Veja como se viveu nos bastidores, e não só, a missão Vizela!

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar