Futebol feminino

26 setembro 2021, 19h46

Onze do Benfica

RESUMO DO JOGO

A equipa feminina de futebol do Sport Lisboa e Benfica perdeu (5-1) frente ao Sporting, em jogo a contar para a 2.ª jornada da 1.ª fase da Liga BPI (Série Sul).

Na tarde deste domingo, 26 de setembro, o Benfica entrou bem no encontro. No primeiro minuto Cloé Lacasse por pouco que não emendou um cruzamento da direita e aos 7' foi Ana Vitória, que, isolada perante Doris Bacic, ultrapassou a guardiã croata, perdeu ângulo de remate e o cruzamento junto à linha não chegou à cabeça da canadiana.

Gradualmente a equipa da casa reagiu e chegou à vantagem aos 10' por Brenda Pérez, com uma excelente finalização, fazendo um chapéu sobre Carolina Vilão. A guarda-redes das encarnadas evitou o segundo golo aos 19', perante Marta Ferreira, mas aos 37' cometeu falta na área sobre Diana Silva, permitindo o 2-0 a Joana Marchão na conversão da respetiva grande penalidade.

Antes o Benfica estivera perto do golo por Valéria, aos 36', mas Bacic sacudiu o disparo da brasileira, e Catarina Amado, aos 31' e 32', rematou duas vezes de longe. Na sequência de um choque frontal, a lateral-direita acabou por sair lesionada (de maca) antes do final da primeira parte, que terminou com o 2-1Valéria aproveitou um erro defensivo da equipa da casa, isolou-se e não perdoou frente a Doris Bacic, aos 45'+8'.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Dois minutos após o reinício do encontro, Joana Martins, com um disparo fora da área, aumentou a vantagem para a equipa da casa (3-1). A partir de então, baixando o bloco e explorando a velocidade das atletas mais adiantadas, o Sporting aproveitou os momentos de desconcentração das águias e Diana Silva, aos 61' e 79', fixou o resultado em 5-1. Pelo meio, aos 57' e 70', o Benfica viu dois golos invalidados por fora de jogo.

Filipa Patão

DECLARAÇÕES

Filipa Patão (equipa técnica do Benfica): "Sem desculpas, mas é futebol. Somos a mesma equipa que está na fase de grupos da Liga dos Campeões e que ganhou o Campeonato, simplesmente a estratégia de jogo que adotámos não foi conseguida pelas nossas jogadoras, e com uma pontinha de azar. Tivemos a primeira oportunidade do jogo, com a Cloé Lacasse, que acaba por não fazer o golo. Corremos sempre atrás do resultado e cometemos alguns erros ao nível da nossa pressão, isso deitou abaixo a nossa estratégia. Queremos testar algumas coisas importantes para a época e nesta fase é que o podemos fazer. Não quisemos desmontar a estratégia. O 3-1 no início da segunda parte deu cabo psicologicamente e emocionalmente da equipa e cometemos ainda mais erros. Não é desculpa, mas é futebol. Criámos diversas situações para marcar e não conseguimos. Palavra de coragem para a Catarina Amado [que saiu lesionada com aparente gravidade], esperamos tê-la de volta rapidamente."

Pauleta (média do Benfica): "Penso que entrámos bem no jogo, tivemos uma grande oportunidade da Cloé Lacasse, depois sofremos o golo. Não reagimos bem. Conseguimos jogar depois, mas sofremos o penálti e isso tirou-nos um pouco do jogo. Depois sofremos o golo no início da segunda parte. Falhámos na nossa área e na do adversário. Temos de descansar o corpo, temos uma série de jogos feitos... agora é refletir sobre o que fizemos e a responsabilidade de cada uma, assumindo o que fizemos para regressarmos às vitórias."

Sporting-Benfica
5-1
Estádio Aurélio Pereira
Onze do Benfica
Carolina Vilão, Catarina Amado (Marta Cintra, 45'+7'), Ana Seiça, Carole Costa, Lúcia Alves (Lara Pintassilgo, 69'), Andreia Faria, Pauleta, Beatriz Cameirão (Francisca Nazareth, 46'), Ana Vitória (Christy Ucheibe, 69'), Cloé Lacasse e Valéria (Nycole 56')
Ao intervalo 2-1
Golo do Benfica
Valéria (45'+8')

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Arquivo / SL Benfica
Última atualização: 26 de setembro de 2021

Patrocinadores Futebol Feminino


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar