Futebol

28 setembro 2021, 15h52

Jorge Jesus

ANTEVISÃO

Os detalhes da estratégia a aplicar pelo Benfica frente ao Barcelona, no jogo da 2.ª jornada do grupo E da Liga dos Campeões, vão ser afinados por Jorge Jesus até perto das 20h00 desta quarta-feira, a hora definida para o pontapé de saída no Estádio da Luz. Na antevisão do grande duelo, o treinador frisou a valia do adversário e os seus momentos fortes, antecipando algumas ideias para contrariar esse poderio e ambicionar a vitória.

"Não vejo que o Barcelona passe do 8 para o 80 só porque não tem o Messi (e quando tinha o Messi perdeu 8-2 com o Bayern)", advertiu Jorge Jesus na conferência de Imprensa realizada ao início da tarde de terça-feira, 28 de setembro, no Benfica Campus.

"Vamos ter imensas dificuldades porque vamos encontrar uma equipa com grandes jogadores. Se deixas o Barcelona com muito espaço entre linhas, morres com facilidade, porque ela joga muito vertical, tem um corredor central muito forte, jogue quem jogar. Se queremos ganhar, essa é uma das zonas que temos de anular", perspetivou o técnico, que também admitiu a hipótese de retocar o meio-campo.

Jorge Jesus

Em Guimarães, vimos novamente o Benfica a pressionar alto, em cima da defesa do Vitória. Frente ao Barcelona, uma equipa que sai a jogar com facilidade, o Benfica vai tentar condicionar este estilo ou vai ser mais paciente?

Todos sabemos que um dos momentos fortes da equipa do Barcelona é o seu ataque posicional em qualquer fase do campo. Começando pela sua zona de construção, é uma equipa que sai para o jogo no risco, porque acredita na qualidade individual dos seus jogadores e no bom posicionamento que têm. Temos uma forma de pensar: para nós, jogar com o Barcelona ou em Guimarães é igual. Vamos tentar dificultar o Barcelona logo na sua primeira fase de saída de jogo, sabendo que muitas vezes vai ser capaz de sair da nossa primeira zona de pressão, porque tem muita qualidade para isso, mas nós preferimos arriscar, porque não queremos mudar a nossa ideia de jogo.

Já enfrentou o Barcelona em três ocasiões. Sente que esta é a vez em que tem mais equipa para fazer frente e bater o pé ao Barcelona?

Põe-se essa questão apenas porque este nosso adversário já não tem o Messi. O Barcelona continua a ser uma das equipas mais fortes da Europa, para não dizer do mundo, com jogadores de nível muito alto. Fiz três jogos contra o Barcelona, num deles o Messi não jogou a titular e empatámos lá 0-0. Ninguém tem dúvidas de que a equipa que tiver Messi é sempre mais forte, mas isso não desvaloriza o Barcelona, que nesta época só perdeu um jogo, com o Bayern Munique. O Barcelona é uma grande equipa, com ambição de ganhar a Champions. Não vejo que o Barcelona passe do 8 para o 80 só porque não tem o Messi (e quando tinha o Messi perdeu 8-2 com o Bayern). Vamos ter imensas dificuldades porque vamos encontrar uma equipa com grandes jogadores. Se deixas esta equipa do Barcelona com muito espaço entre linhas, morres com facilidade, porque ela joga muito vertical, tem um corredor central muito forte, jogue quem jogar. Se queremos ganhar, essa é uma das zonas que temos de anular.

Jorge Jesus

Pondera desguarnecer o ataque, não jogar com três avançados, para ter uma posição mais forte no meio-campo?

Estou a pensar, porque não é a mesma coisa... Tenho a facilidade de poder ter um jogador que me possa fazer a mudança de sistema quando eu quiser, com três dentro ou com um tridente na frente.

O ataque à profundidade pode ser uma das armas do Benfica e um dos principais problemas do Barcelona?

Esse é um momento de jogo que não me preocupa. Quem tem de se preocupar com isso é o treinador do Barcelona. O que me preocupa é quando o adversário tiver bola, no seu ataque posicional, nas suas saídas, nas bolas paradas. Tudo o que seja organização da nossa equipa com bola, quem tem de pensar é o treinador do Barcelona.

Jorge Jesus

Diogo Gonçalves está fora deste jogo? Quais serão as alternativas para a ala direita?

Não recuperou, ainda não tem condições para ser lançado na convocatória. Temos várias hipóteses para o lugar, sabendo que o André Almeida, que vai estar na convocatória, ainda não tem o ritmo exigível para um jogo deste nível na Champions League. Temos também o Gilberto e o Valentino, que fez os 90 minutos em Guimarães. É uma das posições em que tenho várias hipóteses para poder resolver sem problema.

Texto: João Sanches
Fotos: Cátia Luís / SL Benfica
Última atualização: 28 de setembro de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Judo

Bárbara Timo | Ouro na abertura de ciclo

Entrou no Grand Slam de Paris com a fasquia baixa, saiu com a medalha de ouro. Bárbara Timo, judoca do SL Benfica, conquistou o 1.º lugar na categoria feminina de -63 kg no dia 16 de outubro, após vencer cinco adversárias na competição internacional. Em entrevista à BTV, a atleta falou sobre as metas que tinha para a prova, do novo ciclo, agora numa categoria de peso inferior, e dos objetivos que pretende alcançar até aos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar