Basquetebol

01 outubro 2021, 20h21

Aaron Broussard

RESUMO DO JOGO

Grande exibição! Enorme Benfica! As águias ganharam ao Donar Groningen, na Martini Plaza, por 73-81, venceram assim a final A do torneio de qualificação da FIBA Europe Cup e garantiram, com toda a justiça, um lugar na fase de grupos da competição.

Frente a frente duas formações conhecidas e ambas com aspirações europeias. Nas meias-finais do Torneio de qualificação da FIBA Europe Cup, o Benfica deixou para trás o CSO Voluntari (83-77), enquanto os neerlandeses do Donar Groningen bateram os austríacos do Gmunden Swans (80-53).

Contas feitas, grande embate em perspetiva na Martini Plaza, em Groningen, nos Países Baixos, com as duas equipas, numa grande final, a lutarem por um dos lugares disponíveis na fase de grupos da competição. Para isso, jogo a eliminar, 'mata-mata', um só objetivo: a vitória!

E que grande entrada do Benfica, a fazer estragos na defesa contrária e a cavar uma vantagem de 9 pontos (5-14) com quatro minutos disputados. Eficazes no ataque, coesas no sector mais defensivo, as águias superiorizavam-se em quadra, perante um adversário algo atordoado.  E os pontos sucediam-se, com a formação comandada por Norberto Alves a carregar. Com três minutos para fechar o primeiro quarto, resposta do outro lado da barricada, e as distâncias a encurtarem-se (17-18). Paragem pedida de pronto e a dar resultados práticos: 17-22 a fechar os dez minutos iniciais.

Reinício e triplo para os anfitriões, a mostrarem, nesta fase, maior assertividade e a quererem claramente inverter o rumo dos acontecimentos. Novo lançamento de três pontos colocou o marcador na margem mínima (25-26), com os encarnados a enfrentarem algumas dificuldades, mas Clifford, com um afundanço disse 'presente' e deu o mote. Do outro lado o lançamento exterior continuava a resultar, mas o Benfica não se atemorizou. Minutos seguintes de vários erros para ambas as formações, com os índices de eficácia a caírem, mas com o Benfica a manter-se na frente. Ao intervalo, 32-37.

Basquetebol

Segunda parte e tudo em aberto, com a expectativa a manter-se na Martini Plaza. O Benfica, à semelhança dos dois quartos anteriores, entrou bem em quadra e conseguiu manter a vantagem (37-46). O Donar Groningen carregava com tudo, contudo, este Benfica estava firme e coeso e mostrava coragem e ambição em quadra. Com quatro minutos para jogar, empate a 48 pontos e muita emoção! Ora, perante a ameaça, as águias puxaram dos galões, nunca perderam o foco e Arnette Hallman, em cima do soar da buzina, com um triplo, colocou o Benfica a vencer por 52-59. Grande jogo!

E recomeçou como acabou! Arnette Hallman acreditou e lançou para colocar o marcador num 52-62… dez pontos a separar as equipas, mas ainda tanto para jogar! Grande intensidade, enorme disputa em quadra, com as duas equipas a acreditarem e a sonharem com a vaga disponível na fase de grupos. Com cinco minutos para jogar, 63-64… impróprio para cardíacos! Mais uma vez, perante a perigosa aproximação, as águias não vacilaram, partiram para uns minutos finais de muita raça, solidez e classe, terminando o desafio com uma justa e preciosa vitória, por 73-81.

Com este resultado, o Benfica vence a final A do torneio de qualificação e vai marcar presença no grupo C da FIBA Europe Cup.

Basquetebol

DECLARAÇÕES

Norberto Alves (treinador do Benfica): "Antes de mais quero felicitar o Donar e a cidade de Groningen pelo excelente ambiente vivido hoje. Passámos um longo período sem adeptos por causa do coronavírus e é muito bom podermos estar todos juntos de novo, poder celebrar a vida e o basquetebol com os fãs. Todos nós queremos vencer, mas isto é mais importante do que qualquer vitória. Foi um jogo com um resultado sempre muito próximo, com altos e baixos por parte das duas equipas, mas olhando para as estatísticas vemos que a minha equipa partilha a bola, fizemos 20 assistências e, além disso, provocámos ainda 19 turnovers."

José Barbosa (base do Benfica): "Foi um grande jogo. Enfrentámos uma boa equipa, num grande pavilhão e com uma forte presença de adeptos, algo a que já não estávamos habituados nos últimos anos. Estivemos juntos durante o jogo todo e sabíamos que provavelmente o resultado nos seria favorável se conseguíssemos manter essa união. Fomos melhores no último quarto do encontro, forçámos o adversário a fazer muitos turnovers e penso que esse foi o nosso segredo para ganhar."

Basquetebol

Donar Groningen-Benfica
73-81
Martini Plaza
Cinco inicial do Benfica
 José Barbosa, Betinho Gomes, Makram Ben Romdhane, Dennis Clifford, e Aaron Broussard
Suplentes
 Tomás Barroso, James Farr, Travis Munnings, Arnette Hallman, Diogo Gameiro, José Silva e Hugo Silva
1.º quarto 2.º quarto 3.º quarto 4.º quarto
17-22 32-37 52-59 73-81
Pontuadores do Benfica
José Barbosa (9), Betinho Gomes (7), Makram Ben Romdhane (19), Dennis Clifford (11), Aaron Broussard (12), Travis Munnings (7), Arnette Hallman (13) e Diogo Gameiro (3)

Texto: Sónia Antunes
Fotos: FIBA
Última atualização: 1 de outubro de 2021

Patrocinadores Basquetebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar