Futebol

03 outubro 2021, 22h42

Jorge Jesus

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

Jorge Jesus considera que a equipa do Benfica tudo tentou para evitar a derrota (0-1) frente ao Portimonense na 8.ª jornada da Liga Bwin. O técnico entende que as águias "fizeram um grande jogo" em que "tiveram várias oportunidades para marcar", tornando o mesmo "ingrato".

O líder do Campeonato perdeu pontos pela primeira vez na competição, à 8.ª jornada, num jogo em que todos, sobretudo os adeptos, reconheceram a qualidade e o esforço da exibição dos comandados de Jorge Jesus. Este, olhando para o que foi o triunfo histórico frente ao Barcelona a meio da semana para a Liga dos Campeões, não se refugiou no eventual desgaste físico para o apontar como uma causa do insucesso verificado. Certo é que, assegurou, a confiança não fica abalada. "Há que andar para a frente, sentimos a derrota, mas estamos conscientes que fizemos um jogo para, pelo menos, não perder", afiançou.

Benfica Portimonense

Jogo ingrato e o agradecimento aos adeptos

"Quero, primeiro, agradecer aos adeptos, que, durante e depois do jogo, despediram-se da equipa como se tivesse ganho. Não ganhou, mas deram-nos carinho e uma ovação! Fizemos tudo para ganhar, jogámos bem, mas faltou o golo. Rematámos e criámos oportunidades para marcar de várias formas. Estou farto de dizer que o futebol é isto, basta uma equipa rematar uma vez para fazer golo e vencer. Foi o que aconteceu num canto... Não conseguimos concretizar, nem aproveitar a qualidade ofensiva, contra uma equipa defensivamente forte. Podíamos ter feito golos, mas o importante é estar de cabeça levantada. Perdemos à 8.ª jornada, num jogo em que podíamos ter ganho, fizemos tudo para ganhar, pelos remates, oportunidades... O futebol é um desporto coletivo que nos atraiçoa como aconteceu com o Portimonense. Este resultado não tira a confiança à equipa. Não posso dar os parabéns aos jogadores, porque não ganharam, mas dou os parabéns aos adeptos, que souberam sofrer connosco. Fizemos tudo para ganhar, a equipa esteve excelente. Durante estas semanas vamos trabalhar para voltar às vitórias no próximo jogo."

Yaremchuk

A bola não quis entrar

"Ao longo do jogo começámos a sentir que seria muito complicado marcar e vencer, tantas oportunidades e não fazermos golos. O resultado faz as pessoas olharem para o jogo e ter uma opinião sobre o mesmo. A exibição esteve cá, o Benfica jogou à Benfica, mas não marcou. Disse aos jogadores que têm de estar de cabeça levantada, fizeram tudo para ganhar, jogaram a uma intensidade muito alta. Há que andar para a frente, sentimos a derrota, mas estamos conscientes que fizemos um jogo para, pelo menos, não perder. Parabéns ao Portimonense. A derrota pesa, mas não vai colocar os jogadores a pensar."

Rafa

As dificuldades foram as esperadas

"Senti que este jogo seria difícil pelos dados do nosso adversário. É uma das defesas menos batidas, sabia que era uma equipa que defendia bem e os treinadores portugueses conhecem melhor o Benfica que os treinadores estrangeiros! Sabia que íamos ter imensos problemas. O Portimonense não deixou jogar nos primeiros 15 a 20 minutos, mas depois mudámos. Modificámos o posicionamento do Rafa, de forma a que não jogasse tantas vezes de costas."

Gil Dias

O desgaste que não se viu e Gil Dias

"Jogámos com muita intensidade frente ao Barcelona. Não se sentiu, não se viu reflexo do desgaste. Desta vez não fizemos golos, mas como treinador não tenho um motivo para dizer que a minha equipa estava carregada pelo jogo de quarta-feira, que não jogou com qualidade, não criou oportunidades para ganhar ou não esteve ao nível físico para ajudar ofensivamente a sua velocidade. Nada disso aconteceu. Não controlamos a sorte do golo, podíamos ter sido mais eficazes. Fui, sim, colocando jogadores mais frescos, acabámos com dois avançados ao centro e dois jogadores bem abertos para dar largura. O Gil Dias entrou muito bem, criou muitos sobressaltos ao adversário, porque acelera muito com a bola. Foi pena, não conseguimos pelo menos não perder este jogo."

10% Desconto com o Voucher 10EURSLB na Loja Online

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Isabel Cutileiro e Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 4 de outubro de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Futebol

Taça da Liga: antevisão de Jorge Jesus | #VSC-SLB

O Benfica venceu (1-3) o Vitória de Guimarães, na Cidade-Berço, na 7.ª jornada da Liga Bwin, mas, desta feita, para a 2.ª jornada do grupo A (fase 3) da Taça da Liga, Jorge Jesus sabe que terá um contexto competitivo "diferente". Mas o técnico, esperando um rival com o seu "melhor onze" e tendo de modificar a equipa em função da densidade competitiva a que tem estado sujeita, deixou claro, em declarações à BTV, que o coletivo "está preparado" para um embate "extremamente difícil".

Futebol

Por dentro do jogo com o Vizela

Um golo de Rafa, aos 90'+8', levou a crença Benfiquista à explosão de euforia de todos os que sentem e vivem o clube! Muitos deles estiveram em Vizela horas antes do início do duelo, demonstrando o seu amor. A receção à equipa do Benfica foi carregada de paixão e o 0-1 final, no desafio da 9.ª jornada da Liga Bwin, trouxe um sentimento de dever cumprido! Antes, durante e depois, os Benfiquistas disseram presente no apoio à equipa. Veja como se viveu nos bastidores, e não só, a missão Vizela!

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar