Futebol feminino

04 outubro 2021, 13h18

André Vale

A equipa feminina de futebol do Benfica arranca a inédita participação na fase de grupos da Liga dos Campeões frente ao Bayern, às 20h00 desta terça-feira, no Campo n.º 1 do Benfica Campus. André Vale e Valéria anteviram o desafio da ronda um do grupo D.

O elemento da equipa técnica encarnada apelou à presença dos adeptos, considerou as bávaras "uma equipa muito forte", mas garantiu que vão ser recebidas "com grande entusiasmo, vontade e força", pois o Benfica entra "em todos os jogos para ganhar".

"Primeiro que tudo, pedir aos adeptos para virem apoiar a equipa. Vamos jogar no Seixal com possibilidade de ter 100 por cento do público nas bancadas. Com o Twente foi importante ter aqui o 12.º jogador e agora vai ser essencial ter todos os adeptos para nos empurrarem. O 12.º jogador no Benfica é essencial", começou por referir.

Inserido no grupo D com o Bayern, Lyon e Häcken, o Benfica sente-se orgulhoso por estar nesta fase onde vai "tentar fazer o melhor possível".

"É a primeira vez que estamos na fase de grupos da Liga dos Campeões. É um orgulho. Seja qual for o adversário – neste caso é o Bayern – vai ser recebido com grande entusiasmo, vontade e força. Estamos aqui para honrar a camisola e para mostrar que não somos um outsider, mas que estamos em crescimento. É um projeto que está a desenvolver-se há quatro anos, devemos ser dos poucos clubes que conseguiram colocar uma equipa [feminina de futebol] na fase de grupos na Liga dos Campeões em quatro anos. Somos das melhores 16 equipas da Europa. Vamos respeitar o adversário, mas tentar fazer o melhor possível", assegurou.

André Vale

"Qualquer que fosse o grupo que nos calhasse seria interessante para crescermos enquanto equipa, ao nível do projeto europeu. O Lyon é muito forte e todos o conhecem, o Häcken tem grande histórico no futebol feminino. Neste caso não havia melhores ou piores escolhas. Foi o que nos calhou, temos muito orgulho no grupo que nos calhou e temos também muito orgulho no que estamos a criar nesta época e na possibilidade imensa de crescimento. Iremos tentar tirar o máximo proveito dos jogos que vamos ter", acrescentou.

A turma germânica é a 4.ª do ranking no futebol feminino, mas André Vale apontou a um conjunto encarnado personificado e a respeitar os seus valores.

"O maior respeito que podemos ter pelo Bayern é manter os nossos valores. Conhecemos muito bem a nossa equipa, tentamos perceber ao máximo o nosso adversário e tentamos, sem nos despersonificarmos, manter os nossos valores e adaptarmos o nosso jogo perante o adversário. Estamos a falar de uma equipa muito forte, com muita tradição no futebol feminino. Temos de ter cuidado com algumas jogadoras e com o modelo de jogo muito atrativo e ofensivo, como é típico das equipas alemãs. Estamos cá e preparámos bem o jogo", enfatizou.

Treino

Mesmo preparada para a batalha, a equipa técnica abordou esta partida de forma diferente, tendo em conta a qualidade que está do outro lado.

"Tivemos de preparar o jogo de uma maneira diferente. Estamos a falar de um Bayern, uma equipa com internacionais alemãs, holandesas, islandesas… quase todas as jogadoras que compõem o onze inicial são internacionais. O Twente também tem internacionais, mas é diferente. O Bayern tenta ter um domínio territorial enorme, com muitas jogadoras", sublinhou.

O grupo é complicado, mas o Benfica vai entrar para ganhar em todos os jogos, não se fechando, portanto, a porta aos quartos de final da Champions.

"Trabalhando no Benfica, e com este símbolo ao peito, entramos em todos os jogos para ganhar. Assumindo isso podemos fazer o máximo de pontos neste grupo e é uma possibilidade qualificar-nos ou não. Se é fácil? Não", considerou.

André Vale admitiu "algumas limitações" do ponto de vista físico no plantel, mas garantiu "uma equipa muito competitiva".

"Não estamos na máxima força, temos algumas limitações. Já sabemos com o que contamos e o plantel é grande para podermos ter soluções para todas as alturas. Vamo-nos apresentar com uma equipa muito competitiva, e quem estiver no onze e no banco vai dar o máximo, porque nestes jogos todos se transcendem", frisou.

Valéria

Valéria: "Todos os jogos são uma final"

A avançada brasileira do Benfica perspetivou o jogo da 1.ª jornada do grupo D da Champions feminina, com o Bayern. Destacou a qualidade do opositor, mas acredita que as águias têm uma palavra a dizer.

"Espero dar o meu melhor dentro do campo. Como equipa, vamos estar preparadas. O Bayern é uma equipa complicada, mas a nossa equipa vai estar preparada para impor o nosso jogo e dar o nosso melhor", vaticinou, dando, de seguida, a receita para o sucesso: "Temos de aproveitar as oportunidades e matar o jogo quando as tivermos. Vamos aproveitar da melhor forma."

O Benfica chegou à fase de grupos após eliminar, de forma contundente, o Twente. Continuar a fazer historia é, agora, o objetivo.

"O nosso grupo está na Liga dos Campeões por mérito. Queremos continuar a fazer história como até aqui. Todos os jogos são importantes e todos são uma final. Estamos focadas no jogo com o Bayern, mas todos são importantes e vamos tentar obter pontos para seguirmos em frente para a próxima fase. Não vai ser fácil, mas estamos preparadas", observou.

Valéria

Apesar de não ser sempre titular, Valéria conta com quatro golos em sete jogos em 2021/22, e garantiu que vai dar tudo se jogar com as bávaras.

"Quando decidi vir para o Benfica disse que vim para somar, independentemente de ser ou não titular. Todas as jogadoras têm a oportunidade de entrar e jogar. Se jogar, vou dar o meu melhor", reforçou.

Os Benfiquistas podem marcar presença e encher as bancadas do Campo n.º 1 do Benfica Campus. A camisola 7 apelou à presença em massa nas bancadas.

"Esperamos muito o apoio dos adeptos. Nós vamos dar o máximo dentro de campo para que possam continuar a fazer história connosco, nós dentro de campo e eles na bancada", desejou Valéria.

Valéria

CONVOCADAS

Letícia Silva, Carolina Vilão, Ana Seiça, Ana Vitória, Andreia Faria, Beatriz Cameirão, Carolina Correia, Carole Costa, Catarina amado, Christy Ucheibe, Cloé Lacasse, Daniela Santos, Francisca Nazareth, Lara Pintassilgo, Lúcia Alves, Madalina Tatar, Maria Negrão, Marta Cintra, Matilde Fidalgo, Nycole, Pauleta, Sílvia Rebelo e Valéria.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Victoria Ribeiro / SL Benfica
Última atualização: 4 de outubro de 2021

Patrocinadores Futebol Feminino


Relacionadas

Futebol feminino

Mais do que 90 minutos: atrás de um sonho!

Tal como o sonho comanda a vida, a equipa feminina de futebol do Sport Lisboa e Benfica ainda luta pela passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões, mesmo que o próximo adversário na 5.ª jornada do grupo D seja o Lyon, líder do ranking europeu de clubes, nesta quinta-feira, 9 de dezembro, às 20h00, no Benfica Campus. Os bastidores das rotinas e os passos mais recentes da inédita caminhada europeia, no jogo frente ao BK Häcken, estão na reportagem a emitir pela BTV nesta terça-feira, 7 de dezembro, às 22h30.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar