Casas Benfica

22 outubro 2021, 18h54

Programa BTV na Casa Benfica Leiria

REPORTAGEM BTV

Foi uma viagem até à Casa Benfica Leiria que o programa "Pelas Casas do Benfica", da BTV, proporcionou nesta semana. A embaixada n.º 13 do Clube é conhecida pelas suas excursões ao Estádio da Luz, e não só, e agora pela sua recente aposta no ténis de mesa.

Situada no n.º 113 da Rua Machado dos Santos, no Mercado de Santana, a Casa Benfica Leiria está de regresso à normalidade após largos meses de dificuldades devido à pandemia. As excursões, uma das suas imagens de marca, estão agora a regressar paulatinamente e o pós-COVID-19 trouxe uma novidade: a aposta no ténis de mesa.

foto

"Está a correr tudo bem. Tivemos um interregno de 4 meses e estivemos completamente parados. Tínhamos muitas saudades, ver os amigos, os sócios. Foram tempos muito difíceis", recordou Rui Jorge, presidente da Casa.

Com a embaixada aberta diariamente das 9h00 às 22h00, os sócios começam agora a regressar e a dar uma nova vida ao local.

"Vive-se um ambiente muito forte, especialmente em dias de jogo. Entre a esplanada e o interior, são cerca de 70 a 80 pessoas, isto agora, porque antes da COVID-19 eram muitas mais", revelou.

São muitas as formas de servir todos aqueles que se dirigem à Casa.

"Temos um snack-bar, com petiscos, com coisinhas mais simples, e funciona superbem. De 15 em 15 dias temos a quarta-feira europeia, onde convidamos 30 sócios e amigos e fazemos um almoço. Esgota logo. As ementas vão variando", disse o dirigente, apontando de seguida os motivos que levam as pessoas à Casa: "Vêm porque gostam do Benfica, da Casa do Benfica, vêm por gosto. Temos a loja e também a bilhética a funcionar. Está a correr bem."

Nos tempos difíceis a palavra união foi o mote... "Para muitos esta é a primeira casa. Dedicam-se de corpo e alma", afiançou.

Casa Benfica Leiria

Praticante há muitos anos, vice-presidente da Federação e amigo de longa data do presidente da Casa, José Guardalina é o diretor do departamento de ténis de mesa, "uma ideia, um sonho antigo" que agora ganhou vida.

"Maturámos a ideia e conseguimos avançar. Sendo sócio e do Benfica, é uma honra para mim", atirou.

"O ténis de mesa teve uma recessão grande, esteve tudo parado a nível nacional. A criação da modalidade vai trazer visibilidade a Leiria e à sua Casa. Começámos pelos seniores, para dar o exemplo, e a nossa ideia é dar seguimento à juventude e avançar para a formação. É o objetivo principal", explicou.

"A época desportiva está a começar, já temos quatro seniores e estamos em negociações com um treinador para fazermos a captação e a abertura para os mais jovens", acrescentou relativamente ao projeto.

Qual o ponto de situação?

"Já estamos inscritos na Associação de ténis de mesa de Leiria e estamos a iniciar todo o processo. Ainda é uma fase embrionária. É um prazer enorme fazer parte de tudo isto. Sou do Benfica e gosto de ténis de mesa. É um desafio. A prática alia convívio, desporto e lazer. Começamos sem expectativas altas, é dizer que estamos cá e participar, e, acima de tudo, honrar a camisola", concluiu.

Casa Benfica Leiria

Uma das imagens de marca desta Casa Benfica são as excursões, que extravasam as idas aos jogos na Catedral, apesar de esse ser sempre um momento especial.

"Estamos a regressar aos poucos. Pós-pandemia já fomos quatro vezes ao Estádio. As pessoas estavam desejosas. Atualmente ainda vão poucas pessoas, antes de tudo isto íamos sempre com o autocarro cheio. Era uma festa e é uma festa!", explicou José Júlio, vice-presidente e responsável pelas excursões da Casa.

Mas nem só de futebol se vive na Casa Benfica Leiria, com a vertente cultural a ser chamada a protagonista.

"Queríamos ir além do futebol, fazer visitas não só ao Estádio da Luz. Queríamos aliar aqui a cultura, e fazemos também visitas ao Museu Benfica – Cosme Damião e também ao Seixal, ao Benfica Campus", revelou, indo mais longe.

"Para além disso, porque não levar as pessoas a ver uma revista, trazer coisas novas para a Casa Benfica? É esse o objetivo. Por exemplo, já temos uma excursão organizada para 13 e 14 de novembro à abertura do vinho da talha em Vila de Frades, na Vidigueira", concluiu.

Casa Benfica Leiria

João Mendes é vice-presidente e responsável pela comunicação deste braço armado do Clube.

"Sou responsável pela divulgação de todos os eventos da Casa, pagamento de quotas, receção aos novos sócios. É uma função logística", disse, ressalvando a importância das "redes sociais" para o conseguir.

"É preciso que a mensagem chegue a todos. Acredito que vamos conseguir", vincou esperançoso.

"Devido à pandemia, fechou muita coisa perto das instalações da Casa, até parece uma rua fantasma, mas pouco a pouco vamos retomando. Vamos trabalhar para que a Casa Benfica Leiria seja cada vez melhor e mais atrativa", concluiu.

Texto: Sónia Antunes
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 22 de outubro de 2021

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar