Andebol

25 outubro 2021, 14h52

Demis Grigoras e Chema Rodrígues

O Benfica entrou a vencer na fase de grupos da EHF European League, no terreno do TBV Lemgo, e segue-se este dia 26 de outubro, no Pavilhão n.º 2 da Luz, o Chekhovskie Medvedi, formação russa que se apresenta como um "adversário difícil", mas que Chema Rodríguez vê como ultrapassável face à "boa dinâmica" da equipa que comanda.

Para a 2.ª jornada do grupo B da EHF European League, o técnico do Benfica relembra a importância de vencer os jogos em casa numa prova competitiva. "É um pouco novo disputar tantos desafios seguidos, com pouco tempo para preparar os jogos, principalmente contra rivais muito duros. Como temos uma boa dinâmica é mais fácil continuar com ela, do que se viéssemos de maus resultados. Temos uma equipa com muito talento, com atletas que podem acrescentar sempre algo nos jogos e isso poderá fazer com que não tenhamos de sofrer tanto em determinados encontros. Vamos para todos os jogos como se fosse o último. O Campeonato Nacional está com um nível muito alto e as competições europeias vão fazer-nos crescer como equipa. Se não vencermos os jogos em casa torna-se muito complicado, mas temos pela frente equipas muito fortes. Teremos de trabalhar e lutar muito para vencer os nossos jogos em casa", disse em conferência de Imprensa.

Chema Rodríguez

Bilhetes para o jogo

Ver mais ›

Chema Rodríguez mostrou-se convicto que os seus atletas vão continuar a trabalhar arduamente, sem ilusões pelo início de campeonato invicto, onde a equipa soma por vitórias os seis jogos realizados até ao momento. "O trabalho dos rapazes tem sido bom, trabalho duro, o nosso percurso é uma recompensa pelo que têm feito. Os jogadores vão continuar assim, pois, têm talento, são grandes atletas, estão comprometidos, é um grupo muito forte e unido, que torna o trabalho mais fácil. Temos de tentar o máximo neste próximo encontro, no futuro veremos onde estaremos. Somos o Benfica e temos de lutar por todos os jogos e títulos que disputamos", frisou.

Acrescentando a respeito das ambições do Benfica a nível interno. "Há equipas muito fortes no Campeonato Nacional, o FC Porto é um rival fortíssimo, que está na Liga dos Campeões, o Sporting também cresce a passos largos e nós queremos lutar e competir. Damos passos nesse sentido para estarmos mais próximos das conquistas. Por exemplo, o Águas Santas também está a um nível brutal, o ISMAI, o ABC, veremos onde chegaremos", rematou.

Demis Grigoras

Demis Grigoras: "Temos de trabalhar bastante"

O lateral-direito Demis Grigoras sabe o que esperar do encontro europeu frente ao  Chekhovskie Medvedi. "Será um jogo difícil, contra uma boa equipa, mas jogamos em casa, por isso queremos continuar a jogar bem e a fazer o nosso trabalho! Temos de trabalhar bastante, espero que consigamos os três pontos. Na Europa há mais jogos difíceis e duros, mas jogo sempre no limite em todos os encontros, por isso não há diferença entre os jogos do Campeonato Nacional e os das competições europeias", frisou, sublinhando: "Vamos defrontar uma equipa que tem uma defesa forte, dura, jogam bem no ataque e movimentam-se bem. Estamos bem preparados para esta batalha."

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 25 de outubro de 2021

Patrocinadores Andebol


Relacionadas

Futebol feminino

Mais do que 90 minutos: atrás de um sonho!

Tal como o sonho comanda a vida, a equipa feminina de futebol do Sport Lisboa e Benfica ainda luta pela passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões, mesmo que o próximo adversário na 5.ª jornada do grupo D seja o Lyon, líder do ranking europeu de clubes, nesta quinta-feira, 9 de dezembro, às 20h00, no Benfica Campus. Os bastidores das rotinas e os passos mais recentes da inédita caminhada europeia, no jogo frente ao BK Häcken, estão na reportagem a emitir pela BTV nesta terça-feira, 7 de dezembro, às 22h30.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar