Hóquei em Patins

22 janeiro 2022, 18h30

Jogo no Pavilhão Municipal de Gulpilhares

RESUMO DO JOGO

A Taça de Portugal de hóquei em patins proporcionou a visita do Benfica ao Pavilhão Municipal de Gulpilhares, em Vila Nova de Gaia. No jogo dos 16 avos de final, os encarnados impuseram os seus atributos e confirmaram o amplo favoritismo, triunfando por 3-12 na tarde deste sábado, 22 de janeiro.

No final da primeira parte os comandados por Nuno Resende (com Rodrigo Vieira na baliza e o também jovem Tiago Sanches a ter minutos) já dispunham de uma vantagem confortável: 2-6. Pol Manrubia apontou o 0-1 (6'), Nicolía assinou o 0-2 (11'), a equipa da casa reduziu para 1-2 (11'), Lucas Ordoñez ampliou para 1-3 (12'), Poka carimbou o 1-4 (13'), Gonçalo Pinto bisou no 1-5 e 1-6 (14' e 20') e os anfitriões faturaram o 2-6 no último instante da etapa inicial (25').

No segundo tempo houve mais golos. Nicolía stickou para o 2-7 (27'), Pol Manrubia finalizou o 2-8 (29'), a Gulpilhares marcou o 3-8 (30'), Poka respondeu com o 3-9 (30'), Edu Lamas atirou para o 3-10 (40') e Pablo Álvarez rubricou o 3-11 e o 3-12 final (47' e 49'). Sem margem para discussão, o Glorioso qualificou-se para os oitavos de final da Taça de Portugal.

Gulpilhares-Benfica
3-12
Pavilhão Municipal de Gulpilhares
Cinco inicial do Benfica
Rodrigo Vieira, Edu Lamas, Pol Manrubia, Pablo Álvarez e Lucas Ordoñez
Suplentes
Pedro Henriques, Tiago Sanches, Poka, Carlos Nicolía e Gonçalo Pinto
Ao intervalo 2-6
Golos do Benfica
Pol Manrubia (6', 29'), Carlos Nicolía (11', 27'), Lucas Ordoñez (12'), Poka (13', 30'), Gonçalo Pinto (14', 20'), Edu Lamas (40'), Pablo Álvarez (47', 49')

Texto: Redação
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 31 de janeiro de 2022

Patrocinadores Hóquei


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar