Futebol

12 fevereiro 2022, 20h49

Darwin e Gonçalo Ramos a festejarem

RESUMO DO JOGO

O Benfica deu continuidade ao que fizera em Tondela e venceu, na noite deste sábado, no Estádio da Luz, o Santa Clara, por 2-1. Mohebi inaugurou o marcador para os insulares; Darwin, que marca há quatro jogos seguidos, bisou para as águias.

Os encarnados entraram para este jogo com o mesmo onze que atuara em Tondela; o Santa Clara mexeu em duas peças de forma forçada, dado que Lincoln e Cryzan, por terem recebido ordem de expulsão com o Gil Vicente, não puderam ser opção para Mário Silva, treinador que lançou Barreto e Mohebi para os seus lugares.

Entrada forte do Benfica, com boas dinâmicas ofensivas, pressão alta sobre a bola a bloquear a saída dos açorianos para o ataque e várias aproximações à área que deixavam o setor mais recuado do adversário em sentido. Só faltava a eficácia na hora de atirar à baliza. O Santa Clara, por sua vez, sem espaço para construir de forma apoiada, sentia dificuldades em acercar-se com perigo do último terço encarnado.

Benfica-Santa Clara, 22.ª jornada da Liga Bwin

O Benfica carregava e, aos 17', apareceu a primeira grande oportunidade para os da Luz. Jogada desenvolvida pelo corredor central, Rafa a descobrir Darwin, este ganhou o duelo individual a Mikel Villanueva, mas, no frente a frente com Marco Pereira, atirou ao lado. Volvidos dois minutos (19'), bola no poste da baliza insular. Vertonghen, na área, de pé direito, rematou com estrondo aos ferros!

Estava à vista o golo, mas este surgiu para o Santa Clara, aos 20'. Saída rápida dos insulares para o ataque, Rui Costa rematou para defesa de Odysseas, e Mohebi, na recarga, a fazer o 0-1. Inicialmente, o golo foi invalidado por fora de jogo, mas o VAR reverteu a decisão e deu o golo como válido.

O Benfica sentiu o golo sofrido, com o ritmo da partida a baixar, fruto de os açorianos terem recuado as linhas e haver menos espaço para romper. A circulação de bola encarnada acontecia, mas sem a mesma acutilância vista nos primeiros 20 minutos do desafio.

Benfica-Santa Clara, 22.ª jornada da Liga Bwin

Filme do jogo

Ver mais ›

Antes do intervalo, duas oportunidades para o Santa Clara. Aos 34', Boateng, solto na grande área, cabeceou a centímetros da baliza; e aos 45'+1', Weigl perdeu o esférico em zona proibida, o Santa Clara soltou-se para o ataque e Barreto a disparar para defesa de Odysseas a dois tempos. Ao intervalo, no Estádio da Luz, 0-1.

Para a segunda parte esperava-se um Santa Clara mais encolhido, mas o que se viu foi uma equipa a atuar com as linhas subidas, a condicionar a primeira zona de construção das águias. Poucas oportunidades de parte a parte nesta fase, com Mário Silva a ver-se obrigado a mexer na equipa, aos 51', por lesão de Mohebi. Entrou Nené para o seu lugar.

Benfica-Santa Clara, 22.ª jornada da Liga Bwin

No outro banco de suplentes, Nélson Veríssimo via o tempo a passar e os golos não apareciam… Aos 57', Taarabt e Yaremchuk foram lançados a jogo e as mexidas surtiram efeito no coletivo. O marroquino restabeleceu as dinâmicas ofensivas na hora de construir; o ucraniano ficou como referência de ataque e libertou Darwin para o golo. Aos 58', Mikel Villanueva derrubou Rafa na área e o árbitro Hélder Malheiro assinalou grande penalidade para as águias. Na marca dos 11 metros, Darwin não permitiu veleidades a Marco Pereira e fez o 1-1 (60'). Pela primeira vez, o avançado marca há quatro partidas consecutivas de águia ao peito.

O internacional uruguaio continua ligado ao golo e, aos 62', após cruzamento da direita de Yaremchuk, consumou a reviravolta e levou o Estádio da Luz ao rubro com o 2-1. A perder, Mário Silva tentava evitar o desaire e lançou, ainda, Paulo Henrique, Tagawa, Pipe Gómez e Rúben Oliveira para dentro das quatro linhas. Porém, motivados pela vantagem, os encarnados estavam melhor e já não permitiam que o Santa Clara incomodasse Odysseas.

Benfica-Santa Clara, 22.ª jornada da Liga Bwin

Nélson Veríssimo fez entrar Meïte e Diogo Gonçalves, o Benfica ainda colecionou duas oportunidades por Gonçalo Ramos (71') e Valentino (85'), ambas evitadas por Marco Pereira, e o resultado de 2-1 manteve-se até final.

O Benfica soma 50 pontos na classificação da Liga Bwin e na próxima ronda – 23.ª – desloca-se ao Estádio do Bessa para enfrentar o Boavista, sexta-feira, às 20h15.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Tânia Paulo e Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 12 de fevereiro de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar