Râguebi feminino

21 fevereiro 2022, 19h20

Equipa feminina do Benfica

A equipa feminina de râguebi do Benfica perdeu, fora de portas, com a Agrária de Coimbra, por 17-7, em jogo da primeira mão das meias-finais do Campeonato Nacional.

Apesar de se ter visto alguma evolução no jogo das águias, a mesma não foi suficiente para lograr um resultado mais positivo, mas tudo está em aberto para a segunda mão na casa do Benfica.

DECLARAÇÕES

Paulo Silva (treinador do Benfica): "Na primeira mão da meia-final já demos sinais de alguma evolução em relação ao último jogo. Tivemos bons momentos, como a pressão na formação ordenada. O nosso alinhamento agressivo tirou à equipa adversária as boas bases de início do ataque. Estivemos bem nesta área. Ainda de destacar a nossa defesa nas linhas atrasadas que melhorou muito. Estivemos muito bem no modelo de jogo, mas a este nível os erros pagam-se caros. Em dois ou três erros nossos, a equipa adversária não perdoou e pontuou. Temos, agora, o derradeiro jogo da segunda mão da meia-final onde acredito ser possível, se limarmos algumas arestas."

Maria Vasquez (capitã do Benfica): "Foi um jogo muito equilibrado, com a nossa equipa com mais posse de bola e situações para marcar, mas que, muitas vezes, por culpa própria, não marcámos e acabámos por sofrer. Acreditamos que, se trabalharmos bem nestas duas semanas, com compromisso coletivo, o próximo jogo poderá estar ao nosso alcance. É uma diferença pontual possível de reverter."

Texto: Redação
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 23 de fevereiro de 2022

Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar