Hóquei em Patins

12 março 2022, 21h14

Jogadores do Benfica festejam mais um golo no dérbi

RESUMO DO JOGO

O Benfica, após o triunfo no dérbi de voleibol, recebeu e venceu (4-1) o Sporting nesta tarde de sábado, 12 de março, em jogo referente aos quartos de final da Taça de Portugal de hóquei em patins. Um triunfo justo e sem contestação, em que os comandados de Nuno Resende, sempre apoiados pelos adeptos, impuseram-se com naturalidade.

O Benfica entrou dominador no encontro, definindo o ritmo do mesmo, enquanto o Sporting, mais recuado, foi jogando na expectativa e na procura das transições rápidas para criar perigo. Porém, o perigo junto das balizas foi sempre relativo até que aos 10 minutos os encarnados desbloquearam o jogo.

Benfica-Sporting, quartos de final da Taça de Portugal

Grande defesa de Pedro Henriques e contra-ataque finalizado por Lucas Ordoñez com classe para o primeiro golo no dérbi (1-0). Os forasteiros acusaram o tento e Carlos Nicolía não perdoou aos 12' na cobrança de um penálti. Pablo Álvarez foi travado em falta e o compatriota executou na perfeição (2-0).

Logo a seguir Poka arriscou de longe sem sucesso, assim como Pol Manrubia aos 17'. Diogo Rafael atirou ao poste aos 18'.

Benfica-Sporting, quartos de final da Taça de Portugal

Aos 22' Ferran Font viu o cartão azul, Lucas Ordoñez cobrou o livre direto decorrente da falta e voltou a ser travado, na área, após defesa de Ângelo Girão. Romero viu também ele o cartão azul e Carlos Nicolía deu conforto ao marcador das águias na execução do penálti (3-0).

Na segunda parte, o início foi morno e só aos 29' se viu perigo numa das balizas, com Lucas Ordoñez a obrigar Ângelo Girão a uma excelente intervenção. Pablo Álvarez, aos 30', com uma stickada rápida de meia distância, fez mais um golo para as águias (4-0).

Benfica-Sporting, quartos de final da Taça de Portugal

Romero ainda teve oportunidade de reduzir através de um penálti aos 32'. Com o Benfica a controlar e a procurar o golo com calma, e Pedro Henriques em excelente plano na baliza, o resultado só conheceu mudanças aos 45' quando Ferran Font, em jogada individual, reduziu para os forasteiros (4-1). Seguiu-se um conjunto de decisões da equipa de arbitragem que levou à exibição de vários cartões azuis a jogadores das duas equipas, que nos últimos minutos jogaram a maior parte do tempo com menos um elemento.

Alcançado o triunfo no dérbi, o Benfica irá disputar a final four da Taça de Portugal, sendo que o próximo compromisso oficial está agendado para quarta-feira, 16 de março, às 20h30, frente ao HC Braga, em acerto de calendário referente à 17.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins.

Clássico

DECLARAÇÕES

Nuno Resende (treinador do Benfica): "A vitória era fundamental para estarmos na final four. Foi um jogo extremamente bem conseguido frente a uma excelente equipa. Fizemos uma excelente primeira parte, conseguimos uma vantagem merecida. Tivemos um controlo muito grande na partida, defensivamente irrepreensíveis. Na segunda parte jogámos com o resultado. Com o quarto golo começámos a controlar o jogo. Estivemos irrepreensíveis. O melhor em campo foram os adeptos. Foi um ambiente arrepiante, um Pavilhão completamente ao rubro. Muito feliz por ver esta casa assim."

Benfica-Sporting, quartos de final da Taça de Portugal

Pedro Henriques (guarda-redes do Benfica): "Estávamos preparados para todos os cenários. Estes resultados são o fruto do trabalho constante. Temos de continuar assim, no futuro não será um resultado menos positivo que nos vai abalar, estamos concentrados e seremos fiéis à forma de trabalhar. Aproveitar esta moldura humana para dizer a todos eles, para o Presidente que nos acompanha, que vai ao balneário, está sempre connosco, antes e depois dos jogos, a todos os adeptos, sem exceção, que nos apoiem sempre, independentemente dos momentos. A necessidade é constante. Esta vitória e todas as outras são sempre para eles."

Benfica-Sporting, quartos de final da Taça de Portugal

Benfica-Sporting
4-1
Pavilhão Fidelidade
Cinco inicial do Benfica
Pedro Henriques, Diogo Rafael, Edu Lamas, Gonçalo Pinto e Lucas Ordoñez
Suplentes
Rodrigo Vieira, Poka, Pablo Álvarez, Pol Manrubia e Carlos Nicolía
Ao intervalo 3-0
Golos do Benfica
Lucas Ordoñez (10'), Carlos Nicolía (12' e 22') e Pablo Álvarez (30')

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Victoria Ribeiro / SL Benfica
Última atualização: 12 de março de 2022

Patrocinadores Hóquei


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar