Andebol Feminino

14 maio 2022, 19h33

A equipa feminina de andebol do Benfica sagrou-se Campeã Nacional

RESUMO DO JOGO

Campeãs Nacionais! Passaram 29 anos e a equipa feminina de andebol do Benfica voltou a conquistar a principal prova nacional na modalidade ao bater a Juve Lis por 23-27, na 23.ª jornada da competição. Este é o oitavo Campeonato de andebol no feminino.

Regressado à modalidade em 2018, o Benfica, quatro anos depois, voltou a conquistar o Campeonato com mais um triunfo numa prova em que continua sem conhecer a derrota em 23 desafios realizados, em que apenas teve um empate em Braga com o ABC.

Em Leiria, neste sábado, 14 de maio, as comandadas de João Alexandre Florêncio até começaram a perder, mas o 1-0 rapidamente passou para 1-4, graças ao acerto das águias no contra-ataque, explorando os erros contrários no ataque planeado. Daí em diante o Benfica nunca mais perdeu a condição de vencedor no encontro e chegou aos 4-9.

Juve Lis-Benfica

Então, aproveitando uma exclusão, a formação da casa conseguiu encurtar a distância para 6-9, mas o Benfica voltou a mostrar-se eficaz em termos defensivos e chegou ao intervalo a vencer confortavelmente por quatro golos (9-13).

Com a equipa feminina de futebol presente na bancada, a apoiar, as águias reentraram bem no jogo e dispararam no marcador, chegando aos 12-20. Porém, a Juve Lis conseguiu apontar quatro golos de seguida, dando esperança às da casa (16-20).

Juve Lis-Benfica

A tendência de recuperação da Juve Lis colocou a diferença no marcador em apenas dois golos, mas as encarnadas mantiveram a postura e voltaram a assumir o controlo do jogo, vencendo por 23-27 e conquistando o Campeonato Nacional a três jornadas do final da prova.

Juve Lis-Benfica

DECLARAÇÕES

João Alexandre Florêncio (treinador do Benfica): "Temos de enaltecer o que o Benfica está a fazer pelas mulheres através do desporto feminino. Felizmente temos um Presidente do século XXI, um vice-presidente que faz tudo pelas modalidades e toda a restante estrutura, que proporciona a estas atletas, após um trabalho iniciado há quatro anos, ter frutos. Essas pessoas estão de parabéns. Isto tem um significado para o andebol, mas, sobretudo, para o país. O Benfica está a aproximar Portugal dos países mais desenvolvidos, onde o desporto masculino e feminino é equiparado."

Juve Lis-Benfica

Mariana Teixeira (treinadora adjunta do Benfica): "É um  momento muito especial, uma coisa é ganhar como jogadora, outra é como treinadora. É uma equipa muito jovem e espero ganhar muitos títulos para o Benfica. O Benfica tem feito uma grande aposta no feminino. Temos um Presidente do século XXI, e tanto ele como o vice-presidente Fernando Tavares têm vivido estas situações com muito orgulho. Querem tentar igualar à parte masculina, mas é muito importante saber que estão do nosso lado. Escolhemos um plantel bastante jovem para continuar a dar grandes vitórias ao Benfica."

Adriana Lage

Adriana Lage (capitã e pivô do Benfica): "Temos uma grande admiração pelo trabalho da Irene Henriques [coordenadora do Andebol Feminino], por tudo o que fez pela modalidade há 30 anos e por tudo o que está a construir. Uma homenagem muito grande a esta grande mulher que tanto fez e faz pelo andebol. Tanto a ela como a todas as outras que, com muito sacrifício, foram campeãs naquela altura. Hoje em dia temos o trabalho um pouco mais facilitado, e é por elas que também vencemos este Campeonato."

Juve Lis-Benfica

Ana Ursu (guarda-redes): "É um sentimento incrível, sabíamos que seria um trabalho muito complicado. Trabalhámos para cada jogo como se fosse o último. Crescemos como pessoas e atletas, há 29 anos que o andebol do Benfica não era Campeão Nacional. Estamos muito felizes por esta conquista para o Benfica. É um prémio para os adeptos. É um momento muito especial. É uma sensação nova e um sonho realizado."

Juve Lis-Benfica

Patrícia Rodrigues (lateral-direita): "Estou sem palavras! Foram 29 anos até este momento. Agradecemos o apoio de todos. É incrível trabalhar para conseguir este objetivo. Queremos continuar invictos e conquistar a Taça de Portugal, que vai ser bastante difícil. Só custa a primeira, agora é continuar a trabalhar para vencer mais títulos. Sentimos as bancadas mais cheias, o andebol feminino está a crescer! Quero agradecer o apoio à equipa feminina de futebol."

Juve Lis-Benfica

Débora Moreno (universal): "Ainda não acredito! É um sonho meu e do Benfica que se torna realidade. Dentro de campo somos um grupo muito unido, lutamos sempre muito até ao fim. Foi o segredo do nosso sucesso. Agora vamos aproveitar este momento e trabalhar para fazer a dobradinha."

Juve Lis-Benfica

Rita Campos (pivô): "É um sentimento que nunca ninguém poderá explicar, estivemos juntas até ao fim e conseguimos ser consistentes. A consistência permitiu-nos ganhar. Obrigado aos Benfiquistas por todo o apoio."

Juve Lis-Benfica

Juve Lis-Benfica
23-27
Centro Desportivo Juve Lis
Formação inicial do Benfica
Ana Ursu, Mariana Costa, Alina Molkova, Patrícia Rodrigues, Mihaela Minciuna, Nádia Rodrigues e Viktoriya Borshchenko
Suplentes
Audília Carlos, Joana Beatriz Ribeiro, Madalena Pereira, Jelsia Monteiro, Adriana Lage, Débora Moreno, Nádia Rodrigues, Rute Fernandes, Odete Tavares, Rita Campos e Maria Unjanque
Ao intervalo 9-13
Marcadoras do Benfica

Patrícia Rodrigues (7), Viktoriya Borshchenko (7), Alina Molkova (6), Rute Fernandes (2), Mihaela Minciuna (2), Rita Campos (1), Mariana Costa (1) e Nádia Rodrigues (1)

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 19 de maio de 2022

Patrocinadores Andebol Feminino


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar