Futebol

27 agosto 2022, 21h29

Festejos no terceiro golo no Estádio do Bessa

FOTOGALERIA

Benfica

O Benfica venceu ao final da tarde deste sábado, no Estádio do Bessa, o Boavista por 0-3, em desafio da 4.ª jornada Liga Bwin. Morato (primeiro golo na época) inaugurou o marcador e João Mário, "Homem do Jogo", bisou no encontro. Uma partida que ficou marcada pela estreia em jogos oficiais de António Silva, Aursnes e Mihailo (e ainda de Musa no Campeonato).

Depois do apuramento para a Liga dos Campeões, o Benfica voltou aos jogos da Liga Bwin e logo com uma deslocação sempre complicada ao Estádio do Bessa. Na véspera, Roger Schmidt perspetivou "um jogo físico" e foi isso que se viu no relvado ao longo da partida, com os Benfiquistas a puxarem sempre pela equipa.

O treinador alemão fez apenas uma alteração no onze (relativamente ao último jogo, com o Dínamo Kiev) e lançou António Silva (18 anos, formado no Benfica Campus) no lugar do castigado Otamendi. Odysseas, Gilberto, Morato, António Silva, Grimaldo, Florentino, Enzo, João Mário, Neres, Rafa e Gonçalo Ramos foram os escolhidos para iniciar a partida com os axadrezados.

António Silva

Início de alta rotação, com o Benfica por cima do jogo, perante um bloco defensivo acentuado do Boavista, que, sempre que podia, tentava transições rápidas para o ataque.

Os axadrezados criaram perigo aos 10', num lance em que Odysseas foi forçado a defesa apertada, após cruzamento de Gorré que sofreu um ligeiro desvio de Gilberto.

Com mais posse de bola, o Benfica procurava espaço nos corredores laterais e Grimaldo aos 14' cruzou para dentro da grande área, mas Gonçalo Ramos não chegou, por pouco, à bola. Instantes depois foi Enzo que tentou a sorte, mas o remate do argentino falhou a baliza do guarda-redes César.

Enzo

A primeira grande oportunidade para o Benfica surgiu aos 21', contudo António Silva, dentro da área, numa ação difícil, não pegou bem na bola e chutou-a por cima da barra.

Os encarnados começaram gradualmente a aumentar a intensidade e a criar cada vez mais dificuldades ao Boavista. Decorridos 29 minutos de jogo, Rafa ganhou um canto do lado direito do ataque encarnado. Do pontapé de canto marcado por Neres nasceu o golo. O brasileiro descobriu bem no coração da área Morato, que cabeceou picado para o 0-1 no Estádio do Bessa.

Boavista-Benfica

A vencer à meia hora de jogo, o Benfica ficou mais confortável no jogo e podia ter ampliado a vantagem.

Aos 40', numa jogada iniciada por Neres, João Mário desmarcou Gonçalo Ramos, que, apertado por Abascal, rematou forte para grande intervenção do guarda-redes César.

Ainda antes do intervalo, Rafa ofereceu o golo a João Mário, mas o capitão (na ausência de Otamendi) desperdiçou a ocasião flagrante com um remate ao lado. No final dos primeiros 45 minutos as águias venciam por 0-1.

Filme do jogo

Ver mais ›

No segundo tempo o Boavista apareceu mais afoito, mas encontrou um Benfica muito sólido defensivamente. Os encarnados continuaram a ser os mais perigosos e, aos 59', Rafa por pouco não desviou para a baliza um bom cruzamento de Gonçalo Ramos.

Roger Schmidt mexeu no jogo pouco depois, aos 62', com três alterações duma vez. Saíram Gilberto, Neres e Gonçalo Ramos e entraram Bah, Diogo Gonçalves e Musa.

Diogo Gonçalves teve de imediato oportunidade para afinar a pontaria, após assistência de Musa, mas o remate saiu à figura de César.

Festejos golo

Musa, ex-Boavista, também entrou bem na partida e, aos 67', após bom cruzamento de Grimaldo, assistiu dentro da grande área João Mário, que fuzilou a baliza adversária e estreou-se a marcar nesta temporada. 0-2, no Bessa, cantaram e celebraram golo uma vez mais os muitos adeptos do Benfica que se fizeram ouvir na casa do adversário.

O Benfica não abrandou e foi à procura de mais golos. Aos 77', novamente Musa: o avançado croata trabalhou bem e lançou Rafa, que não conseguiu dar o melhor seguimento à jogada, por interferência dos oponentes.

Musa aproveitou a oportunidade dada por Roger Schmidt e pouco depois sofreu grande penalidade de Sasso, após boa arrancada pela esquerda. Alertado pelo VAR, o árbitro João Pinheiro reviu as (inequívocas) imagens e apontou para a marca dos onze metros. Chamado a converter, João Mário não desperdiçou o ensejo e bisou no encontro. Aos 82', bola para um lado, guarda-redes para o outro e penálti marcado com todo o rigor. O camisola 20 bisou pela primeira vez com a camisola do Benfica.

Festejos golo

Com o 0-3, Roger Schmidt estreou ainda o mais recente reforço dos encarnados. Aos 89' Enzo deu lugar a Aursnes, que correu os primeiros minutos de águia ao peito. Quem também se estreou foi Mihailo, que entrou para o lugar de Grimaldo no começo do tempo de compensação.

Final da partida, 0-3 para os encarnados, que só somam vitórias na temporada. Na próxima terça-feira o Benfica volta a jogar, agora no Estádio da Luz, às 20h15, com o Paços de Ferreira, uma partida (em atraso) a contar para a 3.ª jornada da Liga Bwin.

Texto: Nuno Miguel Machado
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 28 de agosto de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar