Futsal

23 novembro 2022, 14h09

Rocha bisou

RESUMO DO JOGO

Liga dos Campeões
Ronda de Elite
1.ª jornada (grupo C)
RESULTADO FINAL
Benfica 3
Chrudim 3
Marcadores
 Rocha 12'
Rocha 33'
Lúcio Rocha 35'
 D. Drozd 23'
Max 29'
D. Drozd 38'

Em Almaty, tendo em vista a presença na final four, o Benfica iniciou a Ronda de Elite da Liga dos Campeões (grupo C) com um empate diante do Chrudim (3-3).

Com Chishkala no lugar de Bruno Cintra, que se lesionou durante o aquecimento, o Benfica assumiu a iniciativa do jogo desde o início e a primeira ocasião flagrante surgiu aos 6'. Após canto, Jacaré, que já tinha sido lançado por Pulpis, atirou para grande defesa de Dudu.

O campeão checo apostou em saídas rápidas para o ataque, mas os encarnados conseguiram resolver esses momentos de jogo com relativa facilidade.

Silvestre

E mais uma vez, na sequência de um canto, Silvestre Ferreira ameaçou com um remate que passou ao lado da baliza à guarda de Dudu.

Com o desenrolar da partida, o Chrudim ganhou mais confiança face ao nulo, que persistia, mas Rocha, mais forte que os adversários, num remate com o pé esquerdo, encarregou-se de inaugurar o marcador, após grande passe de Chishkala (12').

Com Gonçalo Sobral a ser obrigado a sair, devido a um lance em que se magoou na cabeça, na baliza encarnada André Sousa correspondia com segurança às investidas do Chrudim, que tentava reagir.

Romulo

Até ao intervalo, não houve alterações no marcador.

No reatar do desafio, André Sousa aplicou-se a remates de Radovanovic (22') e Koudelka (23') e nada pôde fazer perante D. Drozd (23'), que igualou. 

Com grande dinâmica, Lúcio Rocha deu o mote para a recuperação logo de seguida, com um remate defendido por Dudu.

Pressionantes e com maior intensidade em quadra, os encarnados continuaram mais rematadores e Jacaré teve uma soberana ocasião para recolocar o Benfica na frente. Dudu opôs-se com qualidade (26').  Porém, foi o Chrudim que operou a reviravolta, por Max (29'), que bateu André Sousa.

Numa grande jogada, Rocha bisou e empatou. Pela ala, Silvestre passou Everton em velocidade e assistiu o camisola 70 encarnado, que fez o 2-2. 

À procura da vitória, Lúcio Rocha, 18 anos, apontou o terceiro golo! Após trabalho de Jacaré, a bola sobreou para o ala encarnado, que atirou para o fundo da baliza (35').

Gugiel

O Chrudim apostou no 5x4 e D. Drozd ganhou a bola a Jacaré e bateu Léo Gugiel, que já tinha entrado (38'). 

O Benfica não conseguiu confirmar o favoritismo teórico e a partida terminou empatada (3-3).

Nesta quinta-feira, 24 de novembro, o Benfica defronta o Luxol St. Andrews (Malta), partida da 2.ª ronda do grupo C.

Pulpis

DECLARAÇÕES

Pulpis (treinador do Benfica): "Entrámos bem e marcámos um golo, mas depois consentimos dois golos do adversário, o que neste género de competição pode ser muito difícil de contornar. Reagimos muito bem e virámos o jogo outra vez a nosso favor, mas sofremos, infelizmente, um golo perto do fim. Não foi o resultado que queríamos. A outra partida do nosso grupo terminou também empatada e temos amanhã [quinta-feira] de dar tudo para alcançar a vitória, de forma a estar na luta pelo apuramento até ao fim."

Arthur

Benfica-Chrudim
3-3
Pavilhão Baluan Sholak Sports Palace (Almaty)
Cinco inicial do Benfica
André Sousa, Silvestre Ferreira, Afonso Jesus, Chishkala e Rocha 
Suplentes
Léo Gugiel, Rômulo, Gonçalo Sobral, Arthur, Bruno Cintra, Lúcio Rocha, Higor e Jacaré
Cinco inicial do Chrudim
 Dudu, Everton, Dosa, Torres e Radovanovic
Suplentes
Javorski, Capinha, Mares, Kubát, Max, Koudelka, P. Drozd, D. Drozd e Slovacek 
Ao intervalo 1-0
Marcadores
 Benfica: Rocha (12' e 33') e Lúcio Rocha (35'); Chrudim: D. Drozd (23' e 38') e Max (29')

Texto: Redação
Fotos: Alexander Kovpak
Última atualização: 23 de novembro de 2022

Patrocinadores Futsal


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar