11/05/2020

Recordações Gloriosas | Rui Costa

Foi há precisamente 12 anos! A 11 de maio de 2008 Rui Costa despediu-se dos relvados, com o Estádio da Luz a vestir-se de emoção para dizer adeus (ou até já) a um dos seus filhos! Cresceu, formou-se, fez-se homem e jogador ímpar de águia ao peito, no clube do seu coração. Saiu, espalhou magia em outros relvados, em outros corações, mas o desejo de regressar a casa e ali pendurar as botas vingou e ganhou. Uma carreira caracterizada por brilhantismo, elegância, inteligência e classe em campo… O Maestro realizou o seu último recital dentro das quatro linhas em 2008, frente ao Vitória de Setúbal (3-0), sendo substituído aos 86 minutos para uma gloriosa ovação da Catedral. Aos 48 anos continua ao serviço do SL Benfica, sendo administrador da SAD. À conversa com a BTV, recordou "momentos inesquecíveis": o melhor golo, o melhor jogo e muito, muito mais... Veja tudo aqui! É mesmo imperdível!

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar