14/05/2021

"Pelas Casas do Benfica" nos Estados Unidos

Longe da origem, a mística benfiquista é sentida nos Estados Unidos da América através das Casas do Benfica, onde os adeptos vivem os momentos gloriosos e a realidade do Clube. Com a lusofonia presente na região, a Casa número 17, em Cambridge, é presidida por José Figueiredo, conta com 150 sócios e encontra-se em obras devido à relocalização do espaço. Em Danbury, Virgílio Martins fundou a Casa número 167, em 2001. Com 408 sócios, esta embaixada é palco de convívio para a comunidade e transporta o fervor benfiquista através das equipas de futebol e de futsal. Na Casa número 210, com 238 sócios, em Hartford, as portas abrem apenas ao fim de semana e nos dias em que o Clube joga. Não tem loja nem modalidades, mas Victor Vicente, secretário-geral, relata que a paixão pelo Benfica é intensa.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar