10 de março de 2018, 22h22

Luís Filipe Vieira: "Acabou a paródia à conta do Benfica!"

Clube

"É inconcebível o que fizeram à marca Benfica. Aqueles que mancharam o nome do Clube têm de ser severamente castigados. Iremos agir criminalmente contra tudo e quem quer que seja que ponha em causa novamente o nome do Sport Lisboa e Benfica", anunciou o presidente, numa declaração enérgica e de resposta a todos os ataques.

"Acabou a paródia instalada neste País à conta do Benfica. Aqueles que mancharam o nome do Benfica têm de ser severamente castigados", disse o presidente Luís Filipe Vieira, numa das passagens de uma declaração enérgica e contundente que protagonizou na Sala de Imprensa do Estádio da Luz, reagindo a todos os ataques que têm visado a instituição.

"Nunca, tanto eu como a minha Direção, manchámos a honra ou a dignidade do Sport Lisboa e Benfica. Tudo aquilo que se tem passado nos últimos tempos é sobejamente conhecido. Infelizmente para todos nós, fomos vítimas de um ataque sem precedentes em Portugal. Violaram todo o nosso espaço, toda a nossa privacidade; violaram anos e anos de uma empresa já com uma dimensão mundial. Infelizmente para todos nós, até hoje nada sucedeu e nada sabemos", enquadrou o líder do Clube, no arranque da sua declaração após mais um triunfo da equipa de futebol.

"As denúncias anónimas funcionaram para o Sport Lisboa e Benfica com um aparato muito especial, tanto que esta instituição, eu próprio e outras pessoas tivemos visitas a nossas casas que ainda hoje não compreendo. Não compreendo e tenho alguma dificuldade em compreender, e isto é um aviso para todos os Benfiquistas, que hoje devem ter a noção exata do que nos fizeram. E fizeram-no pela incompetência que tiveram, ou seja, porque não nos conseguiram defrontar pela competência que toda a estrutura profissional do Benfica tem. A única maneira de nos tentarem vencer foi manchar o nosso nome. O principal objetivo do Benfica de há 18 anos para cá é recuperar toda a sua credibilidade. Somos uma referência, ou éramos uma referência no mundo do futebol; hoje, temos a nossa marca manchada", assinalou Luís Filipe Vieira.

"O Benfica é hoje um clube superinvejado em Portugal. É o único clube que tem futuro, o único que tem projetos em todas as vertentes, em todas as áreas. O Benfica, ao longo destes 18 anos, cumpriu com todo o sistema financeiro e com todos os seus profissionais e fornecedores. Nunca tivemos atrasos com quem quer que seja. Trabalhámos para um futuro risonho do Sport Lisboa e Benfica e continuamos a trabalhar nesse sentido", afirmou.

"Os Benfiquistas, neste momento, devem estar devidamente unidos; devem estar muito, mas mesmo muito unidos. Alguns, infelizmente, têm feito o jogo do nosso adversário, o que eu lamento bastante. Digo-o com toda a frontalidade: estou muito determinado; eu e os meus colegas nada tememos e vamos enfrentar tudo até às últimas consequências. Não posso pensar que, por alguma vez, na Justiça haja clubite. Nunca poderei pensar nisto. Quem nos fez mal está suficientemente bem identificado", assinalou.

Luís Filipe Vieira

"Exigimos um tratamento igual e exigimos também que vão a casa de quem têm de ir. É bom que o façam definitivamente. Não queremos o nosso nome manchado. Queremos libertar-nos rapidamente do que está a suceder e a única coisa que pedimos à Justiça é que seja célere. Todos os que mancharam o nosso nome têm de ser criminalmente bem penalizados", reforçou.

"Alguns comentários que temos ouvido entristecem-nos bastante. A partir deste momento, iremos agir criminalmente contra tudo e quem quer que seja que ponha em causa novamente o nome do Sport Lisboa e Benfica. Seja quem for, não iremos perdoar a ninguém. Acabou a paródia instalada neste País à conta do Benfica. Venderam-se muitos jornais, tiveram muitas audiências, mas a partir de segunda-feira o Benfica tem um gabinete de crise montado para responder a todos estes ataques, venham de onde vierem. É inconcebível o que fizeram à marca do Benfica", enfatizou o líder máximo do Clube.

"Aos Benfiquistas, definitivamente unam-se à volta do Benfica. Aqueles que estão a fazer o jogo dos nossos adversários, tenham vergonha. No dia certo, iremos desmascarar alguns deles. No Benfica, numa altura de crise, todos temos de estar juntos. Não é o Luís Filipe, não é o Paulo, não é o António, não é o Joaquim… É o Benfica!", concluiu o presidente.

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar