12 de abril de 2018, 12h32

Cinco clássicos memoráveis e 11 Eusébios

Futebol

Com um ponto de vantagem, o líder Benfica recebe o FC Porto no domingo (18h00) em jogo da 30.ª jornada da Liga NOS. O Site Oficial recorda agora alguns duelos históricos.

SL Benfica (líder do Campeonato, com vantagem de um ponto) e FC Porto encontram-se no domingo, no Estádio da Luz, em jogo da 30.ª jornada da Liga NOS. Esta será a 84.ª visita dos dragões ao reduto das águias.

No que à I Liga diz respeito, os anteriores 83 embates resultaram em 42 vitórias do Benfica, 15 do FC Porto e 26 igualdades. Recordamos-lhe agora alguns dos mais memoráveis clássicos de futebol, que contam já com uma história de mais de 83 anos…

Clássicos históricos

Foi a 24 de março de 1935 que Benfica e FC Porto se encontraram pela primeira vez em Lisboa para disputar um jogo da Liga, no velho Campo das Amoreiras. A partida, a contar para a 10.ª jornada da competição, a apenas cinco jogos do final do Campeonato, levava um FC Porto extremamente moralizado a Lisboa, numa série de cinco vitórias consecutivas, que lhe garantiam a liderança da Liga. Milhares de adeptos encheram por completo o Campo das Amoreiras, num encontro que terminou com a vitória do Benfica por 3-0. Gaspar Pinto (32’), Rogério de Sousa (43’) e Vítor Silva (75’) assinaram os golos.

Clássicos históricos

O 12-2 é, até hoje, um resultado que, mesmo quem não assistiu ao clássico, tem na memória. A 7 de fevereiro de 1943 (5.ª jornada) o então líder do Campeonato, Benfica, foi avassalador e impediu a aproximação do rival na tabela, chegando ao intervalo a vencer por 4-0 (Alfredo Valadas, 5’ e 31’, Joaquim Teixeira, 38’, e Manuel da Costa, 44’ g.p.). No entanto, o melhor estava guardado para a segunda parte, onde Julinho, com quatro golos em 20 minutos, se assumiu como o herói do jogo.

Clássicos históricos

A primeira vez que Eusébio marcou ao FC Porto foi a 22 de abril de 1962, nas vésperas da final de Amesterdão. O jogo a contar para a segunda mão dos oitavos de final da Taça de Portugal jogou-se na Luz e o Benfica parecia já aquecer os motores para a final da Taça dos Campeões Europeus com o Real Madrid. O triunfo chegou naturalmente, com Eusébio a virar o marcador aos 38 minutos. Os encarnados venceram por 3-1, com mais duas assistências de Eusébio para golos de António Simões, e seguiram em frente na competição, num tónico importante para a final da Holanda.

Clássicos históricos

Mais de 2 anos depois, Eusébio viria a assinar o primeiro bis em clássicos. A 13 de dezembro de 1964, jogava-se a 9.ª jornada da I Liga, e Eusébio da Silva Ferreira (27’ e 51’) dividia os golos com José Augusto (12’ e 40’) para quatro tiros certeiros sem resposta.

Homenagem a Eusébio no Estádio da Luz em 2013/14

12 de janeiro de 2014. O dia em que subiram ao relvado do Estádio da Luz 11 Eusébios. A partida da 15.ª jornada já tinha o extra de colocar frente a frente dois dos três líderes da prova nesse momento, mas tornou-se ainda mais relevante devido à morte de Eusébio dias antes. O Benfica queria homenagear da melhor forma o seu ídolo e figura maior, e a equipa corporizou esse desejo, com os jogadores a envergarem o seu nome na camisola. Numa exibição de garra, os encarnados inauguraram o marcador aos 13 minutos, num remate fulminante de Rodrigo, e fecharam-no aos 53’, num cabeceamento de Ezequiel Garay. No final, os encarnados seguiram na liderança da tabela classificativa, com 36 pontos. Manter-se-iam nessa condição até ao final ,num título que ditou o início da caminhada para o Tetra.

Agora, em vésperas de mais um grande clássico, é certo, para já, que a lotação do Estádio da Luz está esgotada, sendo esperados mais de 60 mil adeptos para receber os azuis e brancos num embate que se prevê escaldante, mais que não seja por estar em causa a liderança isolada da Liga NOS, num momento em que faltam cinco jornadas para o final.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar