Futebol

04 maio 2018, 20h31

Rui Vitória, treinador do Benfica

O treinador do Benfica, Rui Vitória, anteviu, esta sexta-feira, na sala de Imprensa do Caixa Futebol Campus, o dérbi com o Sporting da 33.ª jornada da Liga NOS agendado para as 20h30 de sábado no Estádio José Alvalade.

Um dérbi é um jogo em que todos gostam de estar presente. São jogos emotivos e ainda bem para o futebol português que assim é. Um dérbi tem sempre características muito especiais, são duas equipas com qualidade, que vão querer ganhar, que se querem impor uma a outra. Estamos preparados para o dérbi e não vale a pena fazer mais contas”, garantiu.

O técnico realçou que as águias vão lutar pelos três pontos diante de “uma bela equipa” e que têm noção da importância do dérbi.

“O Benfica não quer perder nenhum jogo. Quem é que quer? Ninguém! Temos a consciência da importância do jogo, deste e de todos os outros. É mais um jogo, importante, contra uma bela equipa, que se preparou bem durante esta época. Não atingiu o seu principal objetivo e que agora está na disputa connosco pelos lugares de cima”, analisou.

Rui Vitória

A postura de Rui Vitória foi sempre jogo a jogo, com o foco colocado nos 90 minutos que se seguiam. O desafio com o Sporting não é diferente.

O jogo importante é sempre o próximo. Qual foi o jogo mais importante no Campeonato para Benfica, Sporting ou FC Porto? É um jogo difícil para as duas equipas, é um dérbi que jogadores e treinadores gostam de jogar”, lembrou.

O técnico surpreendeu ao revelar o onze do Sporting que considera que vai entrar de início. Deu, ainda, a conhecer quais os sectores em que tem dúvidas.

“Quando falei em dúvidas era em relação à disponibilidade dos jogadores. Sei qual é o guarda-redes que vai jogar; sei quais são os dois centrais que vão jogar; sei quais são os dois médios-centro que vão jogar; alas temos dúvidas, laterais temos dúvidas, avançados temos dúvidas. Em relação ao Sporting: Rui Patrício, Piccini, Coates, Mathieu acredito que esteja, Fábio Coentrão, William, Battaglia, Gelson na direita, Acuña na esquerda, Bas Dost e Bruno Fernandes atrás. Este é o trabalho que faço com todas as equipas”, afirmou e acrescentou de seguida: “Em relação à disponibilidade há dúvidas e por isso é que a convocatória foi alargada. Essas dúvidas são para resolver amanhã.”

Jonas é o melhor marcador da Liga NOS e foi considerado por seis vezes consecutivas o jogador do mês. O avançado brasileiro esteve ausente e é uma das dúvidas para sábado.

É evidente que estamos a falar de um jogador que é o melhor marcador do campeonato. É influente. Claro que se me perguntam se o queria perder para estes jogos? Claro que não, mas nunca me lamentei da ausência de Jonas ou de qualquer outro jogador. Estamos a falar do melhor jogador e marcador do Campeonato. Os jogadores que entraram deram a resposta que tinham de dar. Acredito que teria feito mais golos pelo caudal de jogo que vínhamos apresentando. O futebol é assim. Não há nada a fazer. Já passou”, observou.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

 

Última atualização: 9 de julho de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar