23 de maio de 2018, 00h00

Bis de Nené lançou os foguetes

Efeméride

Em 23 de maio de 1976, o Benfica venceu em casa do rival Sporting e sagrou-se Bicampeão Nacional.

Nené acertou por duas vezes nas redes da baliza em casa do rival e o Benfica arrancou a vitória de que precisava para celebrar a conquista do Bicampeonato. Aconteceu há precisamente 42 anos.

Em 23 de maio de 1976, o Benfica disputava a 29.ª e penúltima jornada do Campeonato frente ao Sporting, no Estádio José Alvalade, com o propósito de conquistar o título nacional. Sob arbitragem de Nemésio de Castro, as duas equipas estiveram taco a taco no resultado... até que, aos 81’, um centro milimétrico de Artur possibilitou a Nené fazer o primeiro golo dos encarnados.

Quatro minutos depois (88'), Vítor Baptista ofereceu o golo a Rui Jordão (melhor marcador do Campeonato na época 1975/76), que aumentou a vantagem no marcador sobre o Sporting (0-2). No minuto seguinte, aos 89’, Nené bisou na partida e fechou assim o resultado (0-3), que deu ao Benfica o 22.º título nacional.

Tamagnini Nené foi então o protagonista da história do jogo em que o Benfica sentenciou o campeão de 1975/76, ao apontar dois dos golos da vitória.

A glória do Benfica, que atuou pelo Clube entre 1968/69 e 1985/86, é um dos incontornáveis rostos da Mística.

Texto: Márcia Dores

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar