23 de junho de 2018, 13h00

Rúben Dias: “É um sonho estar aqui”

Futebol

O central do Sport Lisboa e Benfica projetou este sábado, em Kratovo, o terceiro encontro de Portugal no Grupo B do Mundial 2018, frente ao Irão.

Portugal prepara o jogo com o Irão, o terceiro da Fase de Grupos (B) do Mundial da Rússia, uma partida agendada para segunda-feira, às 19h00, em Saransk. Em Kratovo, nesta manhã de sábado, Rúben Dias foi o escolhido para projetar o desafio e foi a voz da ambição da armada lusa.

"É um sonho estar aqui. Um sonho que virou realidade. Sem dúvida que está a ser uma experiência muito enriquecedora, partilhar com jogadores experientes e rotulados a nível mundial. O caminho ainda vai curto e queremos percorrer um caminho mais longo", disse o jogador mais novo da seleção neste Mundial 2018.

“Tem sido uma experiência muito enriquecedora partilhar o balneário todos os dias com os melhores jogadores portugueses. O Cristiano Ronaldo foi o melhor do mundo várias vezes, por isso o que eu quero é aprender ao máximo e continuar a crescer. O Cristiano é fortíssimo e mesmo nos treinos cria-nos muitas dificuldades. Eu tenho de fazer o meu trabalho e ele tem de fazer o dele. Tem sido um jogador muito importante, como os outros também têm, e cada um tem de dar o melhor para isto ser uma coisa coletiva. Ele tem feito as coisas bem, mas os outros também têm”, enalteceu de forma madura o jovem Rúben Dias.

Ruben Dias

 “Há que estar aqui para ajudar, para criar um bom espírito de equipa e lutar pelo nosso país. Estou pronto para o que o selecionador quiser e só quero mesmo é ajudar a Seleção Nacional”, acrescentou o central das águias na sala de imprensa em Kratovo, quartel-general da seleção.

Portugal empatou na estreia com Espanha (3-3), venceu Marrocos (1-0) e mantém completamente intactas as expetativas de seguir para os oitavos de final do Mundial. Não obstante, as exibições da equipa lusa têm recebido algumas críticas…

“Receber críticas em cima de vitórias é sempre diferente. As pessoas criticam e são livres de dizer o que quiserem, mas se formos aos factos temos quatro pontos e estamos na liderança juntamente com a Espanha”, explicou de forma taxativa.

“Há sempre coisas a melhorar, como é óbvio, mas estamos no bom caminho. Temos agora um jogo decisivo e conforme o tempo for avançando vamos melhorar, mas estamos bem”, disse o central de 21 anos que foi suplente não utilizado na duas rondas disputadas.

Ruben Dias

Olhando para o próximo adversário…

“A forma de abordar o jogo vai ser querer ganhar. Nós queremos é ganhar, é a nossa fórmula! Já vimos jogos do Irão, já vimos outros jogos do Mundial e tudo isso permite perceber que não há jogos fáceis. Vamos ter de estar no melhor das nossas capacidades”, explicou.

“O fator ansiedade existe naturalmente. Somos a seleção campeã da Europa e queremos ir o mais longe possível neste Mundial. Por isto ser um Campeonato do Mundo, o fator ansiedade é relativo. É uma questão natural. À medida que a competição for avançando a ansiedade vai baixando e a confiança vai aumentando”, finalizou Rúben Dias.

Texto: Sónia Antunes

Fotos: FPF

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar