Basquetebol

24 setembro 2017, 18h46

O Basquetebol do Benfica teve este domingo mais um complicado desafio rumo à desejada presença na Fase de Grupos da Liga dos Campeões da modalidade.

Frente à dura formação búlgara do Lukoil Academic, as águias lutaram até ao fim, num desafio decidido, acima de tudo, nos pormenores.

“Tivemos algumas dificuldades, principalmente nos momentos de crise, em controlar os contra-ataques e os segundos lançamentos. A grande diferença esteve aí. Depois, também alguma frustração associada a decisões menos boas da nossa parte. Temos de melhorar muito nestes aspetos”, começou por dizer à BTV o treinador José Ricardo.

“Estes confrontos fazem falta ao Basquetebol português. Há uma clara falta de experiência e isso é notório. Jogar a este nível é muito importante para vivenciar estas situações e aprender a resolvê-las de outra forma”, acrescentou.

A fechar: “Quero saudar os nossos adeptos. Mais uma vez sentimos a força deles e esperamos continuar a contar com a sua força. São determinantes”, concluiu.

Raven Barber foi taxativo e a voz da ambição: "Foi um bom jogo, duro e intenso. Terça-feira vamos à luta. Queremos mais."

A 2.ª mão está agendada para terça-feira, dia 26 de setembro, na Bulgária.

Texto: Sónia Antunes 

Última atualização: 24 de setembro de 2017

Patrocinadores Basquetebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar