27 de setembro de 2017, 23h24

Rui Vitória: “Não vamos esconder a cabeça na areia”

Futebol

Treinador lamentou o resultado e o mote vai para a união, o trabalho e a crença na qualidade da equipa.

FC Basileia e SL Benfica defrontaram-se quarta-feira na 2.ª jornada da Liga dos Campeões. Na Suíça, noite difícil para os encarnados, que averbaram uma derrota por 5-0 e continuam sem pontuar na competição.

Em declarações proferidas em conferência de Imprensa, Rui Vitória analisou detalhadamente o jogo, lamentou o resultado, mas o mote é a união, o trabalho e a crença na qualidade da equipa.

“O nosso foco é enfrentar a situação, analisar o que não fizemos bem. Hoje houve muita coisa que não fizemos bem. Cometemos erros que não podíamos ter cometido. Mas se a vida nos coloca obstáculos é para lutarmos contra eles”, disse.

“Faltam quatro jornadas. Estamos a três pontos do 2.º lugar e temos capacidade para disputar esses jogos com mais qualidade, aliás, porque temos mais qualidade do que aquilo que apresentámos hoje. Estamos na luta. Vamos lutar pela conquista de pontos. Vamos fazer melhor do que aquilo que fizemos hoje. No ano passado tínhamos um ponto nesta altura. Não há jogos antecipadamente ganhos ou perdidos. Vamos lutar pela conquista de pontos”, acrescentou, olhando para o momento do Grupo A.

“Obrigado aos adeptos pelo apoio”

Sobre os erros cometidos pela equipa, referiu que os mesmos são para análise interna.

“Não vale a pena alongar-me na explicação. Entrámos praticamente a perder. O adversário vai uma segunda vez à baliza e faz outro golo. Tivemos bola e fomos à procura. O adversário continuou defensivamente bem organizado. Na segunda parte há uma grande penalidade e uma expulsão. Isso paga-se caro. Cometemos muitos erros que a este nível não podem acontecer”, explicou.

Agora, há uma certeza: “Não vamos esconder a cabeça na areia. Já ganhámos muitas vezes e perdemos outras tantas. Perante os obstáculos que nos aparecem, só temos de os enfrentar. Trabalhar, ter empenho, fechar-nos cada vez e unir-nos”, reforçou.

A fechar, uma palavra à Família Benfiquista que, mais uma vez, esteve presente em força em apoio à equipa.

“Quero agradecer o apoio que nos deram aqui. É óbvio que ninguém está satisfeito. Nós não estamos, os adeptos também não. Em alturas como esta só nos resta o caminho do trabalho, fechar-nos mais e corrigir o que não esteve bem. Não há outra forma de ultrapassar estes resultados, estes jogadores que tanto ganharam são assim”, vincou Rui Vitória em conferência de Imprensa.

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar