Futebol

02 outubro 2017, 00h06

Rui Vitória falou, no final do empate com o Marítimo (1-1), em “falta de clarividência”, o que impediu os encarnados de concretizarem as oportunidades que tiveram.

“Entrámos bem, fizemos o golo naturalmente num campo difícil, num jogo disputado e competitivo. Acabámos por sofrer um golo. Em termos de entrega e postura, não tenho nada a apontar à minha equipa. Num outro momento, estou convencido de que ganharíamos este jogo porque tivemos oportunidades para isso. Faltou clarividência”, analisou o treinador.

O técnico afirmou que a paragem na competição vai servir para “retificar, reunir e trabalhar…” e que só assim os encarnados vão “melhorar e ir à procura de uma vitória”.

“Isto são fases que as equipas têm, mas há de haver um momento em que embalamos e esperamos que isso aconteça”, acrescentou.

“Queríamos somar os três pontos, não pela questão dos adversários diretos, mas por nós. A desistência não entra no nosso vocabulário. por isso é continuar a trabalhar”, finalizou na entrevista rápida.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica 

Última atualização: 2 de outubro de 2017

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar