5 de outubro de 2017, 17h39

Benfica ergue 14.ª Supertaça

Basquetebol

Com uma exibição portentosa, encarnados vencem CAB, por taxativos 104-74, na 33.ª edição da prova.

Atenções centradas em Sines, com a abertura oficial da temporada 2017/18 das competições internas de basquetebol. Em disputa a Supertaça, com SL Benfica, detentor da dobradinha, e CAB Madeira, finalista vencido da Taça de Portugal, a medirem forças na cidade alentejana.

Com Carlos Morais, João Soares, Antywane Robinson, Jesse Sanders e Raven Barber no cinco inicial, as águias entraram fortes e cavaram uma distância de oito pontos. Contudo, alguma desconcentração permitiu que ao cabo dos primeiros dez minutos fossem os madeirenses a estar em vantagem: 20-22.

Novamente focados no grande objetivo do dia, recuperar a Supertaça (perdida na época transata no clássico em Vila Real) para as vitrinas do Museu Benfica – Cosme Damião, os encarnados entraram determinados no 2.º período e, sem permitir grandes veleidades e de forma fantástica, deram a volta ao marcador, chegando ao intervalo a vencer por claros 53-34.

Segunda metade e espetáculo de parte a parte… O CAB, à procura da sua primeira Supertaça do palmarés, dava tudo em quadra, com o lançamento exterior a surgir. Ora, do outro lado, o Benfica estava decidido a manter a vantagem e respondeu. Foram triplos atrás de triplos, com as duas tabelas a verem sucessivamente a entrar lançamentos de três pontos, para gáudio de um pavilhão completamente lotado… Um hino à modalidade e respetiva promoção! Contas feitas, ao cabo do 3.º período: 80-59.

Para os derradeiros dez minutos estavam guardados mais espetáculo e emoção. Os madeirenses entraram com tudo, conseguiram um parcial de 7-0, reduziram a desvantagem para 14 pontos, relançando o desafio. Mas do outro estava um Benfica enorme e a resposta foi pronta… E que resposta: 13-0 num ápice e a já se sentia que a Supertaça estava cada vez mais próxima.

Até ao final, duas grandes equipas a olharem-se nos olhos, emoção, espetáculo… com um justíssimo e convincente 104-74 para o Glorioso.

Com este triunfo na 33.ª edição da Supertaça fruto de uma exibição portentosa , os comandados de José Ricardo erguem o 14.º Troféu do palmarés.

Carlos Morais, com uma exibição espetacular, à semelhança do coletivo, foi eleito o MVP do desafio.

Marcaram para o Benfica: João Soares (21), Antywane Robinson (9), Raven Barber (12), Carlos Morais (19), Cláudio Fonseca (2), Jesse Sanders (4), Nuno Oliveira (14), Carlos Andrade (13), Tomás Barroso (5), Aljaz Slutej (4) e Nicolas dos Santos (1).

No fim de semana arranca a LPB, com o Benfica a receber, no Pavilhão Fidelidade, o Vitória de Guimarães.

Texto: Sónia Antunes 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar