22 de outubro de 2017, 20h05

Estão de regresso… os suspeitos do costume!

Futebol

Benfica venceu o CD Aves, por 1-3, com Jonas (2) e Seferovic a assinarem os golos das águias. Defendi fez o tento dos anfitriões.

A fechar o domingo e um fim de semana pleno de ecletismo, atenções centradas no Minho!

O Tetracampeão Nacional viajou até ao reduto do Desportivo das Aves para disputar a 9.ª jornada da Liga NOS. Após uma larga paragem na competição, o objetivo era claro: somar mais três pontos. E assim aconteceu: triunfo por 1-3.

Rui Vitória antevira um adversário complicado, face à chegada do novo técnico, Lito Vidigal, contudo, prometera um Benfica alegre, proativo e pleno de ambição… e assim foi!

 

Entrada de raça das águias, com a equipa subida, muito pressionante e a explorar quer os flancos, quer o meio do terreno. Sem dar grandes espaços de manobra aos avenses, o Benfica carregava com tudo… só que pela frente encontrou um Quim, experiente e seguro, a mostrar por que razão é ele o dono da baliza do CD Aves.

Jonas (4’), Salvio (7’ e 10’), Diogo Gonçalves (9’ e 11’) e Seferovic (27’) tentaram a sorte de todas as maneiras e feitios, mas a redondinha teimava em não entrar.

Ritmo intenso, oportunidades de golo, futebol bonito… e golo do Benfica, precisamente num período em que o adversário parecia querer equilibrar as operações e encurtava as linhas.

Investida de  Diogo Gonçalves – mais uma! – e, na grande área, Washington faz falta sobre o jovem com chancela de qualidade made in Caixa Futebol Campus. Chamado à marca de 11 metros, Jonas atira friamente para o golo. O brasileiro somava o 10.º tento na prova, sendo o melhor marcador da mesma.

Em desvantagem, do outro lado, o Aves não se atemorizou, bem pelo contrário e respondeu prontamente.

Foi então altura de Svilar brilhar… É que nos últimos 15 minutos os anfitriões deram o litro e foram várias as ocasiões em que o guarda-redes mais jovem de sempre na baliza das águias teve de mostrar serviço! Mostrou, e bem, aqui com Nildo, Vítor Gomes e Alexandre Guedes em destaque.

Contas feitas, ao intervalo o Benfica vencia pela margem mínima.

Reatamento e golo do Benfica! O lance começa em Jonas , a bola sobra para Salvio , o argentino ganha o duelo com Lenho, a bola segue nadireção da baliza de Quim e, Seferovic , em cima da linha de golo, encosta e confirma o 0-2 para os encarnados. Regresso do internacional helvético aos golos, o seu quinto nas contas da Liga NOS.

Jogo repartido, com as duas equipas à procura do golo… e ele apareceu! Paulo Machado na marcação de um canto, Defendi antecipa-se ao primeiro poste e cabeceia para o 1-2. Margem mínima no marcador novamente, agora ao minuto 76.

Estava relançada a emoção no jogo… mas aos 80’ o Benfica torna a dilatar! Pizzi é carregado no coração da pequena área, Nuno Almeida assinala grande penalidade e Jonas é chamado a converter. Novo duelo com Quim e vitória mais uma vez para o brasileiro. Jonas bisou na partida, colocou o Benfica a vencer por 1-3… e vão 11 golos na I Liga.

Até ao apito final, uma bola ao ferro na baliza de Svilar (grande remate de Derley, aos 85’) e duas oportunidades para o Benfica, com Seferovic (82’) e Krovinovic (89’) a estarem muito perto de aumentar a vantagem.

Vitória justa do Benfica, por 1-3, num jogo intenso e bem disputado.

Com este resultado, o Tetracampeão soma 20 pontos e mantém-se firme na perseguição ao topo da tabela classificativa.

Na próxima jornada, regresso a casa, ao Estádio da Luz… O SL Benfica defronta o CD Feirense, numa partida referente à 10.ª ronda da Liga NOS, agendada para sexta-feira, dia 27 de outubro, às 19h00.

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar