Futebol

22 novembro 2017, 19h49

No final do desafio com o CSKA Moscovo (derrota por 2-0), Bruno Varela, que regressou à baliza na prova milionária após ter alinhado de início com os russos na 1.ª jornada na Luz, rebobinou o filme do jogo.

“O CSKA fez dois golos e nós não fizemos. Nunca tivemos o jogo descontrolado, mas também nunca criámos um real perigo. Fizemos alguns remates enquadrados, mas que o guarda-redes defendeu com alguma facilidade”, referiu.

“As últimas duas épocas foram muito positivas na Liga dos Campeões. Esta não foi, em todos os jogos talvez pudéssemos fazer algo mais. Hoje foi mais um dia em que as coisas não correram bem. Estamos fora e agora é pensar no campeonato”, acrescentou.

Na ressaca do afastamento, o guardião apontou imediatamente à conquista das provas internas.

"Agora é mudar o foco, temos um jogo importante no domingo para o Campeonato, em casa, frente à nossa gente, e é nisso que temos de nos focar agora", explicou o jogador de 23 anos.

Sobre as repercussões da saída das provas europeias no grupo de trabalho, Bruno Varela foi taxativo.

Este grupo tem demonstrado que ultrapassa bem as dificuldades. A Champions era um objetivo que tínhamos, mas não é isso que nos vai abalar. Temos mais um jogo, sabemos que não temos aspirações, mas iremos encarar o jogo para ganhar”, finalizou.

Texto: Luís Afonso Guerreiro

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

 

 

 

 

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar