15 de março de 2019, 18h11

Rúben Dias, o Xerife que afastou os croatas

Futebol

Três cortes de bola, uma interceção e cinco desarmes permitiram que o Dínamo Zagreb se mantivesse longe da área benfiquista. Estes são alguns dos números apresentados pelo defesa-central na segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa.

O eixo defensivo do Benfica no jogo com o Dínamo Zagreb, da segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa, foi um dos mais jovens de sempre, com Rúben Dias a comandar as operações como um verdadeiro Xerife. Intransponível, os atacantes croatas esbarraram na eficácia e concentração do internacional português.

Titular, o camisola 6 jogou a partida completa – 120’ – e apresenta números que comprovam a qualidade exibicional, conforme assinalam os sites Sofascore e Wyscout.

O Sofascore considerou que Rúben Dias foi merecedor da nota de 7.5, destacando as várias ações defensivas fulcrais para manter o Dínamo Zagreb longe da baliza encarnada. O defesa-central foi responsável por três cortes de bola e uma interceção.

Foi, ainda, bem-sucedido em cinco desarmes dos oito que tentou (63% de eficácia) e ganhou nove dos 15 duelos em que se viu envolvido – 60%.

Rúben Dias

Para além de segura e eficaz, a exibição de Rúben Dias foi completa, com participação também no jogo ofensivo da equipa liderada por Bruno Lage. Segundo o portal Wyscout, o defesa-central realizou com sucesso dois dribles e terminou o encontro com uma precisão de passe de 87% (69 conseguidos em 79 tentados). Neste particular, destaque para o acerto superior a 50% no capítulo do passe longo e para um passe decisivo que permitiu ao Benfica somar mais uma oportunidade de golo no desafio.  

O mesmo Wyscout sublinhou a capacidade que o camisola 6 demonstrou na recuperação de bola. Diante do Dínamo Zagreb, Rúben Dias recuperou o esférico para as águias em 13 ocasiões, três delas ainda no meio-campo ofensivo.

O defesa-central vem comprovando em campo em 2018/19 que a qualidade exibicional demonstrada na época de estreia pela equipa principal do Clube não foi obra do acaso. Muito utilizado, primeiro por Rui Vitória e depois por Bruno Lage, Rúben Dias contabiliza cerca de 4000 minutos oficiais e apontou dois golos, ambos na Liga NOS (Sporting em Alvalade e Nacional na Luz).

Como vem sendo habitual, a águia está entre os 25 convocados de Fernando Santos para o duplo embate de Portugal com a Sérvia e Ucrânia, no Estádio da Luz, a contar para a qualificação para o Campeonato da Europa de 2020.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade e Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar