27 de março de 2019, 22h37

Benfica superior em Vila Nova de Famalicão

Hóquei em Patins

Na próxima jornada, os encarnados recebem o AD Valongo no Pavilhão Fidelidade (30 de março, às 15h30).

O Benfica venceu, nesta noite de quarta-feira, por 2-5, o Riba d’Ave, em Vila Nova de Famalicão, em partida da 21.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins.

No Pavilhão Parque das Tílias, em Vila Nova de Famalicão, foi o Riba d’Ave o protagonista do primeiro lance de perigo do encontro. Contra-ataque rápido a culminar num remate de Tomás Pereira, que obrigou Pedro Henriques a aplicar-se numa boa defesa.

[GOLO: 0-1] Jordi Adroher, com um remate seco e colocado ao ângulo superior da baliza do conjunto de Famalicão, não deu hipótese de defesa a Diogo Fernandes, lançando as águias na frente do marcador.

Numa altura em que somavam cinco faltas cometidas, os encarnados iam encontrando pela frente um Riba d’Ave a criar oportunidades, perante uma boa exibição do guardião do Benfica.

[GOLO: 0-2] No ataque, os encarnados foram letais. Carlos Nicolía recebeu de Albert Casanovas e, aos 11', disparou um remate potentíssimo para o segundo golo da noite.

Boa exibição da formação de Vila Nova de Famalicão, com destaque para Hugo Azevedo num duelo quase particular com Pedro Henriques. Ia levando a melhor o guarda-redes do Benfica.

[GOLO: 0-3] Os encarnados chegaram ao terceiro golo numa altura em que se caminhava para o intervalo. No frente a frente com Miguel Fernandes, Vieirinha aumentou a vantagem.

[INTERVALO: 0-3] Oportunidades de parte a parte no primeiro tempo, com um Riba d’Ave a tentar surpreender o adversário com jogadas rápidas de contra-ataque, mas a encontrar pela frente um Benfica mais forte na finalização.

[GOLO: 1-3] No segundo tempo, o Benfica chegou à décima falta e o Riba d’Ave viu ali uma oportunidade para reduzir a desvantagem. Na marcação do livre direto, Hugo Azevedo ganhou o duelo com Pedro Henriques.

[GOLO: 1-4] A diferença seria, no entanto, reposta: num contra-ataque do Benfica, Lucas Ordoñez – depois de um livre direto que não conseguiu concretizar –  rematou, aos 35', já à entrada da área, para o quarto golo dos encarnados.

[GOLO: 1-5] Aos 41', bis de Nicolía. Grande assistência de Diogo Rafael e o avançado argentino apenas teve de encostar.

[PENÁLTI] Grande penalidade assinalada a favor do Riba d’Ave depois de uma falta cometida por Carlos Nicolía. Na conversão, Daniel Pinheiro atirou para a defesa de Pedro Henriques.

[GOLO: 2-5] A segundos do final, Micolli rematou para o último golo do encontro.

Formação inicial do Benfica: Pedro Henriques, Valter Neves, Albert Casanovas, Diogo Rafael e Jordi Adroher.

Suplentes: Marco Barros, Carlos Nicolía, Lucas Ordoñez, Miguel Rocha e Vieirinha.

Na próxima jornada, os encarnados – que ocupam o 4.º lugar da tabela classificativa, com 44 pontos – recebem o AD Valongo no Pavilhão Fidelidade (30 de março, às 15h30).

Benfica-Sporting 

"Equipa compacta defensivamente numa pista muito difícil"

Alejandro Domínguez (treinador do Benfica): “Estou muito contente, a equipa esteve séria, compacta defensivamente, numa pista muito difícil. O Riba d’Ave é uma equipa com recursos no jogo interior e tem muito bons rematadores. Tentámos anular essas qualidades e saiu-nos bastante bem. Não estamos preocupados com os outros. Agora o que nos preocupa é apurarmo-nos para a próxima fase da Liga Europeia e centrarmo-nos nas competições em que estamos vivos.”

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar