Futebol

03 abril 2019, 23h34

Bruno Lage

Bruno Lage, em conferência de Imprensa, fez a análise ao jogo do Benfica na 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal em casa do Sporting. O resultado (derrota por 1-0, com 2-2 no agregado) desvia as águias da final da prova-rainha. O técnico lamentou as "oportunidades falhadas", mas reiterou o grande objetivo da época...

As faltinhas e o jogo parado, parado…

"No conjunto das duas mãos [das meias-finais da Taça] fomos a melhor equipa, infelizmente sofremos o tal golo que nos dá a desvantagem e nos impede de ir à final, e não conseguimos marcar o nosso. Foi um jogo equilibrado, com oportunidades repartidas, mas não foi um jogo muito bem jogado, principalmente ao nível do que temos feito em outros jogos com os grandes… Muito parado, com muitas faltinhas aqui e acolá. Tive essa noção logo nos primeiros minutos. As travagens que íamos tendo, principalmente quando tínhamos bola e tentávamos sair, levaram a que jogo ficasse assim..."

 Derbi

Um olhar sobre o jogo

"O que nós gostamos também de ver, independentemente do resultado, são grandes jogos, como por exemplo foi o jogo da meia-final da Taça de Liga, em que perdemos, mas foi um grande jogo, com bola corrida, jogo alegre. Hoje tal não aconteceu. De todos, este foi o jogo menos divertido e isso também nos condicionou. Nós gostamos de ter bola, alegria, dinâmica, mas isso é da nossa total responsabilidade."

Derbi

O adversário esperado...

"Foi o Sporting que estávamos à espera! Entrou forte, a pressionar, saiu a três, tentou sempre organizar o seu jogo e ter largura, a condicionar ao máximo a nossa fase de construção, nós estávamos preparadíssimos para isso. No entanto, não tivemos a capacidade de procurar os espaços interiores, porque estávamos a jogar só contra dois médios em função da pressão do Sporting, e depois atacar a linha defensiva de cinco homens. Não tivemos essa capacidade e o jogo fica nisso, muito embrulhado e muito parado, não nos permitiu ser um jogo mais feliz e nós fomos atrás disso."

Derbi

Os golos falhados...

"Não tivemos a capacidade de ter uma circulação de bola mais eficaz. Marcou o Sporting o golo que lhes dá a vantagem. Fica-nos o lamento de o jogo não ter sido tão bom e de termos falhado duas ou três oportunidades claríssimas de golo."

A importância da 1.ª mão

"[Bruno Fernandes] Acaba por marcar o golo, quer lá, quer cá, e faz a diferença nesse sentido. Mas o que faz também a diferença foram as imensas oportunidades que não fizemos na primeira mão na Luz, e estas duas ou três oportunidades aqui… Recordo as duas do Seferovic?season=18-19">Seferovic, quer com o pé, quer com a cabeça, sem ter ninguém pela frente para fazer golo; aquela oportunidade do Jonas, um autêntico penálti, e ele costuma marcar dali... Não é apontar o dedo a ninguém, é identificar as imensas oportunidades que nós tivemos. Infelizmente não marcámos e o 2-2 no conjunto dos dois jogos dá vantagem ao Sporting pelo golo que marcou na nossa casa, num livre, num jogo em que o Sporting fez muito pouco na altura e trouxe um grande resultado."

Derbi

Impacto da eliminação e o sonho maior

"Este resultado terá o mesmo impacto que teve a derrota com o FC Porto na Taça da Liga. É seguir em frente. Tínhamos o sonho de chegar a uma final, é um sonho bonito, mas acreditamos todos que há um sonho maior, que é continuar nesta senda de finais, que são sete, para chegarmos ao fim do Campeonato na posição em que estamos, em primeiro. A Taça de Portugal é um troféu lindo, estes jogadores já têm várias passagens por lá, mas o maior sonho de todos é o Campeonato Nacional e no domingo temos mais uma final, um jogo muito importante com o Feirense e é nesse jogo que vamos orientar a nossa atenção para conquistar os três pontos."

Derbi

A saída de Gabriel

"A saída do Gabriel condicionou um pouco, porque na construção é um jogador muito importante no nosso jogo. Samaris? Se meto o Samaris é porque estamos a jogar com dois trincos, se não é porque não temos trincos. É como digo sempre: vocês olham muito para o jogador e não para tudo aquilo que ele pode oferecer. Não estou nada arrependido, porque tínhamos o nosso plano…"

Derbi

Cultura desportiva e a dinâmica anulada

"Eu vivi uma cultura de três anos em que o jogo é divertido, o jogo é dinâmico, o jogo tem uma alegria fantástica e é esse o jogo que temos de fazer e elevar… E isto não é retirar as nossas responsabilidades daquilo que devíamos ter feito hoje e não fizemos, mas se continuarmos com isto, com estas faltinhas, principalmente nas transições quando se recupera a bola, o agarra e amarelo, mas um pontapé de lado para travar um jogador já não é, e andamos nisto... A dinâmica é anulada por tudo isto, por este querer ganhar assim. Em Inglaterra quer-se outra coisa!"

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Última atualização: 9 de julho de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar