20 de abril de 2019, 19h15

Experiência falou mais alto e travou sequência encarnada

Futebol

O Benfica B, comandado por Renato Paiva, foi derrotado pelo Famalicão na 30.ª jornada da II Liga.

O Benfica B cedeu (1-3) na receção ao Famalicão (candidato à subida de divisão) em jogo da 30.ª jornada da II Liga. Apesar do resultado menos positivo, as águias, que vinham de quatro triunfos seguidos, mantêm-se no 4.º lugar da classificação.

RESUMO DO JOGO

Com uma excelente moldura humana e bancadas bem vivas no apoio às suas cores, os encarnados colocaram-se em vantagem ao segundo remate perigoso (e o primeiro, para a equipa da casa, aconteceu aos 4', com o guarda-redes Defendi a suster a tentativa).

[GOLO: 1-0] Muito ativo no arranque da partida, Willock, aos 7', escapou pelo lado direito, entrou na área e cruzou para um disparo de Nuno Santos com o pé esquerdo, na passada, não dando qualquer chance de defesa ao guardião da equipa famalicense.

Na liderança do marcador, o Benfica B não alterou o seu estilo de jogo, tinha mais posse de bola (56%) e iniciativa, mas... o Famalicão aproveitou uma nesga para igualar o resultado.

[GOLO: 1-1] Guzzo, aos 17', aproveitou o espaço que se abriu no corredor central após um corte incompleto da defensiva das águias e atirou com força e colocação, assinando o empate. O ex-benfiquista, por respeito ao emblema onde fez boa parte do seu percurso de formação, não festejou o golo.

O Benfica B podia ter voltado ao comando do marcador aos 31', numa jogada muito bem ligada e que teve Nuno Santos a executar o passe decisivo, picando sobre a linha defensiva, para explorar a desmarcação rápida de Willock, que rematou no cara a cara com Defendi, mas este, com uma reação por instinto, sacudiu para canto.

Os encarnados passaram por um pequeno calafrio aos 33': Zlobin não conseguiu resolver o lance fora da área, com os pés, mas depois Pedro Álvaro, no sítio certo para dobrar o seu companheiro, controlou o esférico e tirou-o da zona de perigo.

[GOLO: 1-2] Em contra-ataque, o Famalicão soltou dois jogadores na frente, com Walterson a tocar perante Zlobin e depois Fabrício, de carrinho na dividida com Mendes, a conseguir tocar para as redes aos 35'.

[GOLO: 1-3] Num lance rápido pela esquerda, Anderson venceu o duelo com Kalaica, cruzou atrasado e Feliz, no coração da área, rematou de pé direito para as redes (40'). E foi com este score que se atingiu o intervalo.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Renato Paiva decidiu mexer na estrutura tática do Benfica B e fez entrar Saponjic aos 46'. Com uma referência ofensiva de raiz, as águias passaram a jogar em 4x4x2. O primeiro sinal de perigo apareceu aos 48' através do pé esquerdo de Willock. O remate em arco saiu muito perto do poste esquerdo da baliza à guarda de Defendi.

Com o objetivo de tentar chegar ao segundo golo, a equipa encarnada colocava várias unidades em zonas ofensivas e o jogo ficava mais partido a meio campo. O Famalicão, que aproveitava esta situação, acabava por sair em rápidas jogadas de contra-ataque.

Mais fortes fisicamente, os jogadores famalicenses definiam com mais rapidez as suas jogadas. As águias, por outro lado, continuavam a tentar chegar às zonas ofensivas com um futebol rendilhado e de apoio. Aos 68', o treinador benfiquista colocou em jogo David Tavares no lugar de Tiago Dantas.

Aos 78', numa disputa de bola, Alex Pinto fez falta e o árbitro decidiu mostrar o segundo cartão amarelo e consequente vermelho. O Benfica B, reduzido a dez unidades, viu assim mais complicada a tarefa de reentrar na discussão da partida. A equipa encarnada conseguia chegar às zonas de perigo, mas falhava na última decisão.

Até ao apito final, não foram vistas mais ocasiões de perigo e o resultado já não iria sofrer mais alterações. Resultado final: 1-3.

Onze do Benfica B: Zlobin; Alex Pinto, Kalaica, Pedro Álvaro e Nuno Tavares; Mendes, Tiago Dantas e Krovinovic; Willock, Nuno Santos e Jota.

Suplentes: Fábio Duarte, Zec, Frimpong, David Tavares, Benny, Saponjic, Zé Gomes.

Boletim clínico: Pedro Henrique (traumatismo no joelho direito); Vitalii Lystcov (status pós-cirúrgico ligamentoplastia no joelho esquerdo); e Daniel dos Anjos (status pós-cirúrgico ligamentoplastia no joelho direito).

Renato Paiva

"Famalicão aproveitou os nossos erros"

Renato Paiva (treinador do Benfica B): "Entrámos muito bem. Fizemos um jogo de grande qualidade na primeira parte, mas pagámos alguma falta de experiência contra a muita experiência e muita qualidade do outro lado. O nosso adversário aproveitou os erros coletivos. Cada vez que o Famalicão foi à nossa baliza em transições, acabou por fazer golo e aproveitar os nossos erros."

Tiago Dantas

Tiago Dantas (médio do Benfica B): “Fizemos um jogo equilibrado, entrámos fortes, fizemos um golo, estávamos a criar muitas oportunidades e a ter muita bola, mas a este nível os erros pagam-se caros. Sabíamos que eles tinham jogadores muito fortes e muito rápidos e a eficácia fez a diferença no resultado.”

Texto: Diogo Nascimento e Márcia Dores

Fotos: SL Benfica / Arquivo

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar