6 de maio de 2019, 12h39

Marc Tolrà: “Temos de conseguir a segunda parte do objetivo”

Futsal

O internacional espanhol garantiu que a equipa tudo irá fazer para alcançar o título nacional.

O atleta Marc Tolrà, que integrou o cinco inicial no primeiro jogo dos quartos de final do play-off frente ao Eléctrico, falou em exclusivo ao Jornal O Benfica sobre a sua primeira temporada ao serviço da equipa de futsal do Clube.

A equipa de futsal terminou a fase regular do campeonato nacional no 1.º lugar da tabela. Qual o sentimento deste feito?

É a certeza de um trabalho bem feito. Chegámos ao verão com um objetivo, e conseguimos a primeira parte. Agora, com a vantagem de jogar mais jogos em casa do que fora, temos de conseguir a segunda parte do objetivo.

Quais as expectativas para esta fase do play-off?

As expectativas são as mesmas, sabendo que os jogos vão ser ainda mais difíceis do que na fase regular. Vai haver jogos em casa e jogos fora, mas o objetivo e o foco são os mesmos: chegar à final e ganhar!

Benfica Taça da Liga

Depois da conquista da Taça da Liga, alcançar um 2.º título de elevada importância, nesta época, é uma meta alcançável?

Os títulos são sempre importantes para um clube grande como o Benfica e são a única meta para os jogadores. Conseguimos a Taça da Liga e perdemos a Taça de Portugal nos penáltis. Mas todos sabemos que o Campeonato é o maior título e o mais ansiado. Estamos confiantes, fizemos as coisas bem. Conseguimos o primeiro objetivo e temos tudo nas nossas mãos.

Chegou ao Benfica na presente temporada. Qual a experiência deste primeiro ano no Clube?

A experiência que estou a ter no Benfica é muito positiva e muito boa. Como já referi, estive noutro clube grande durante muitos anos, mas há sempre coisas que se podem fazer melhor. O Benfica é um exemplo de como a relação de todo um clube e os seus integrantes, até aos jogadores, trabalham para um mesmo objetivo e só estão focados na execução do mesmo. Gosto muito da maneira de trabalhar do Clube e da equipa. Agora só nos falta, a nós, jogadores, fazermos a nossa parte: devolver ao Benfica todo esse esforço com o título da Liga Sport Zone.

Marc Tolra

Esteve ao serviço do Barcelona, agora está no Benfica. Que diferenças encontrou?

Não gosto de comparar nada, porque não há duas coisas neste mundo que sejam iguais, e ainda bem. São dois clubes com um espectro mundial, são, para mim, os melhores clubes dos seus países, porque não estão centrados apenas no futebol, o que faz a diferença são as modalidades. Obviamente que há diferenças. Aqui no Benfica existem serviços de nutrição e psicologia integrados em cada equipa das modalidades, por exemplo, e acho que isso é importantíssimo para um rendimento ótimo do jogador e para a conquista do objetivo.

O que considera que veio acrescentar ao Benfica?

Isso é mais uma pergunta para fazer ao treinador, mas considero que o ponto forte é dar equilíbrio no jogo de ataque e também na defesa.

Como se tem ambientado a Portugal?

Adoro Portugal e Lisboa. É uma cidade espetacular, com muito ambiente nas ruas, muita coisa para se fazer. Portugal é um país muito pequeno e tudo está relativamente perto. Tem grandes praias, o que é ótimo para descontrair e passear.

Texto e Entrevista: Carolina Brito

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar