31 de maio de 2019, 23h54

Futsal: Tudo em aberto na final do play-off

Futsal

Águias e leões voltam a encontrar-se na quinta-feira (6 de junho, às 21h55), no Pavilhão João Rocha.

O Benfica entrou a perder (4-5) na final do play-off do Campeonato Nacional de futsal masculino, numa partida com o Sporting que só ficou decidida no prolongamento. Na quinta-feira (dia 6) há novo dérbi e está tudo em aberto. 

RESUMO DO JOGO

Frente a um Benfica com vantagem no fator casa – por ter ficado em primeiro lugar na fase regular da Liga Sport Zone –, entrou praticamente a ganhar o Sporting, num Pavilhão Fidelidade completamente lotado.

[GOLO: 0-1] Disparo de Guitta em zona frontal, logo no primeiro minuto de jogo, a colocar os leões em vantagem

Os encarnados foram à procura do empate, mas encontraram pela frente um guarda-redes atento e seguro. 

Aos 7', excelente momento individual de Chaguinha a driblar e a atirar forte às redes de Guitta... mas saiu a rasar o poste. 

Em dois minutos, mais duas oportunidades flagrantes para a formação liderada por Joel Rocha. Robinho teve o golo nos pés, aos 12', mas estava lá Guitta para travar, com o pé, o disparo fortíssimo do camisola 10 do Benfica. A seguir foi Fits, a obrigar o guardião do Sporting a uma nova boa intervenção

Seguiram-se minutos frenéticos no Pavilhão Fidelidade, numa altura em que cada uma das equipas contabilizava duas faltas cometidas.

[GOLO: 0-2] As oportunidades iam surgindo de parte a parte, mas foi novamente o guarda-redes leonino o protagonista aos 18'. Guitta tabelou com Cardinal e atirou para o fundo das redes da baliza de Roncaglio. 

A fechar o primeiro tempo, Robinho ainda tentou o remate, mas Guitta defendeu para o lado. André Coelho caiu dentro da área e ficou a pedir-se grande penalidade, mas o árbitro mandou seguir.

[AO INTERVALO: 0-2] O Sporting recolhia ao balneário com uma vantagem de dois golos. 

RESUMO DA 1.ª PARTE

No segundo tempo, entrou a ganhar o Benfica, reduzindo para a margem mínima a desvantagem. 

[GOLO: 1-2] Pontapé potentíssimo de André Coelho, aos 21', a fazer o golo 20 da conta pessoal no Campeonato Nacional, sem qualquer hipótese para Guitta. 

[GOLO: 2-2] Aos 24', Fits desviou o remate de Chaguinha e, de calcanhar, recolocou a igualdade no marcador.  

Reação impressionante dos encarnados que, de uma entrada muito forte na segunda parte, iam ameaçando a reviravolta. Iam valendo as intervenções do guarda-redes do Sporting... 

[GOLO: 2-3] Cardinal, aos 32', colocou os leões novamente na frente, numa jogada que antecedeu um duelo de guarda-redes, com Guitta a ser o protagonista de mais uma grande defesa, desta vez a um remate de Roncaglio.  

[GOLO: 3-3] Jogada muito bem desenhada pelo ataque do Benfica, aos 33', com Miguel Ângelo a finalizar certeiro para novo empate e para o 10.º da conta pessoal na competição.  

Numa altura em que faltavam 4 minutos para o final da partida, Roncaglio deixou o aviso. Remate muito forte para mais uma boa defesa de Guitta. Mais um... e as estatísticas mostravam isso mesmo: 50 remates dos encarnados (22 à baliza) contra apenas 29 dos verdes e brancos (12 enquadrados). 

Terminado o tempo regulamentar de alto ritmo com uma igualdade (3-3), Benfica e Sporting tentavam o tudo por tudo no prolongamento (duas partes de 5 minutos cada). 

[GOLO: 3-4] Nos instantes iniciais da primeira parte do prolongamento, o capitão João Matos surpreendeu Roncaglio e colocou os leões novamente na frente. 

Esgotados os primeiros 5 minutos do prolongamento, o tempo ia correndo a favor de um Sporting que tentava segurar o resultado. Do outro lado, um Benfica a tentar inverter o marcador.

[GOLO: 3-5] Erick aproveitou a subida de Roncaglio na quadra e desviou para a baliza deserta. 

[GOLO: 4-5] A 30 segundos do final, Fernandinho reduziu, com um remate à boca da baliza, a desvantagem dos encarnados.

[RESULTADO FINAL: 4-5] O Benfica procurou o golo do empate até ao último segundo que pudesse levar a decisão para as grandes penalidades, mas o Sporting conseguiu segurar a vantagem até ao final. 

Cinco inicial do Benfica: Roncaglio, André Coelho, Robinho, Bruno Coelho e Fits.

Suplentes: André Correia, Chaguinha, Fábio Cecílio, Tiago Brito, Miguel Ângelo, Silvestre Ferreira, Fernandinho e Afonso Jesus.

Num play-off resolvido à melhor de cinco jogos – ou seja, quem somar três vitórias é campeão nacional – águias e leões voltam a encontrar-se na próxima quinta-feira (6 de junho, às 21h55) no Pavilhão João Rocha.

No caso de ser necessário um quinto jogo (negra), recorde-se, esse acontecerá novamente no reduto do Benfica (que beneficia do fator casa por ter sido primeiro classificado na fase regular) no dia 16 de junho.

Benfica-Sporting

"Trabalhar já para vencer o jogo 2"

Joel Rocha (treinador do Benfica): "Foi o jogo 1 desta final e não vamos desistir deste Campeonato até à última gota de suor e de sacrifício. São precisas três vitórias para vencer o Campeonato. Vamos recuperar os jogadores que saíram com um grande desgaste após o sacrifício que fizeram hoje. E a equipa técnica vai trabalhar já para vencer o jogo 2."

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar