2 de junho de 2019, 20h54

Esforço inglório

Hóquei em Patins

O Benfica lutou por melhor desfecho, mas perdeu na final da Taça de Portugal de hóquei em patins perante a Oliveirense.

Depois de ter eliminado o Sporting nas meias-finais, a equipa de hóquei em patins do Benfica enfrentou a Oliveirense na final da Taça de Portugal, no Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis. Batalhou por um resultado diferente, mas o desenlace foi favorável ao adversário: 2-5.

De uma saída rápida dos encarnados pelo lado direito nasceu o primeiro lance quente da partida, aos 2', cabendo a Diogo Rafael a stickada, errando por pouco a baliza da Oliveirense.

Um contra-ataque de Nicolía, aos 7', resultou numa grande defesa do guarda-redes da equipa de Oliveira de Azeméis, que, por sua vez, no lance seguinte, teve um penálti a favor.

[GOLO: 0-1] Marc Torra avançou para o castigo máximo, atirou e venceu a oposição do guardião Pedro Henriques (7'), inaugurando o marcador.

Ordoñez, aos 14', em lance individual, rasgou pela zona central, mas a finalização não foi certeira. No ataque seguinte, a Oliveirense voltou a faturar.

[GOLO: 0-2] Jorge Silva recebeu sobre a direita e stickou rapidamente, fazendo mexer as redes das águias aos 14'.

Ordoñez, aos 15', marcou golo numa recarga após remate de Diogo Rafael, mas a equipa de arbitragem invalidou, sem razão aparente, no entanto. Pressionante, o Benfica teve mais bola e iniciativa e reduziu numa excelente combinação em contra-ataque.

[GOLO: 1-2] Diogo Rafael deslizou pelo meio, arrastou a marcação, e Adroher conduziu a bola pela esquerda, passando-a depois para Nicolía concluir na cara do guarda-redes aos 22'.

No minuto seguinte, aproveitando algum espaço sobre a esquerda, a Oliveirense repôs a diferença.

[GOLO: 1-3] Xavi Barroso esgueirou-se, derivou para a direita com a bola controlada na ponta do stick e colocou-a dentro da baliza defendida por Pedro Henriques (23'). E foi com este resultado que terminou a primeira parte.

Diogo Rafael assumiu a primeira stickada à baliza da Oliveirense no recomeço do encontro. Ataques de parte a parte, e quem marcou foi o conjunto de Oliveira de Azeméis.

[GOLO: 1-4] Aos 30', Marc Torra encontrou uma nesga para rematar e marcou.

Nicolía, de meia distância, forçou o golo aos 34', mas o guarda-redes Xavier Puigbí defendeu.

Aos 38', o Benfica cometeu a 10.ª falta e a Oliveirense teve um livre direto a favor. Na execução, Marc Torra tentou fintar Pedro Henriques, mas este encheu a baliza e a bola acertou no poste direito.

Os encarnados tentaram acelerar as ofensivas e visar a baliza, mas o adversário fechou-se. Aos 45', Ordoñez furou, entrou na área e pareceu ter sido tocado em falta, mas a equipa de arbitragem não assinalou penálti.

O cartão azul mostrado a Nicolía aos 47' levou Xavi Barroso para a cobrança de um livre direto. Pedro Henriques, na baliza, foi superior.

A equipa benfiquista lutou por um desfecho diferente e, no último minuto, teve um livre direto a favor. Ordoñez tentou encurtar a diferença, mas a bola não entrou. Logo a seguir, penálti para as águias.

[GOLO: 2-4] Nicolía, na transformação do castigo, reduziu.

A defender, uma falta de Nicolía, seguida de cartão azul, valeu livre direto para a Oliveirense.

[GOLO: 2-5] Bargalló foi eficaz no um contra um e marcou. Estava feito o resultado final.

Cinco inicial do Benfica: Pedro Henriques, Albert Casanovas, Diogo Rafael, Carlos Nicolía e Jordi Adroher.

Benfica-Oliveirense

"Para poder ganhar ou perder há que estar presente nas finais"

Alejandro Domínguez (treinador do Benfica): "Quero felicitar a Oliveirense porque fez um grande jogo. Para poder ganhar ou perder campeonatos há que estar presente nas finais. Espero que no futuro consigamos jogar melhor para ganharmos. Não estou feliz porque gosto de ganhar, mas dizer que há equipas melhores, ou que a nossa época foi um fracasso, parece-me precipitado."

Fotos: Francisca Caria / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar