23 de junho de 2019, 22h41

Benfiquistas marcam e assistem na goleada de Portugal

Futsal

A Seleção Nacional de futsal venceu a Noruega pela segunda vez em dois dias, em mais um jogo de preparação.

Portugal contou com os benfiquistas Bruno Coelho, André Coelho, Fábio Cecílio, Tiago Brito e Miguel Ângelo em novo jogo particular com a Noruega, afinando-se para atacar o apuramento para o Campeonato do Mundo de futsal 2020. Depois do 4-1 no sábado, nova vitória no Multiusos de Fafe, desta feita por 4-0.

RESUMO DO JOGO

Com fogo no pé direito, Miguel Ângelo criou problemas ao guarda-redes norueguês Kenneth Rakvaag no primeiro minuto do desafio. Um novo remate do ala do Benfica, aos 3', fez a bola passar ao lado da baliza. Porém, à terceira tentativa do camisola 14 da equipa das Quinas, a bola, chutada de pé direito a partir da esquerda da quadra, beijou mesmo as redes da Noruega pela primeira vez: 1-0 aos 3'.

Fábio Cecílio, aos 7', após um canto batido à direita, usou o pé esquerdo para desenhar novo assalto à baliza adversária, mas o guardião Kenneth Rakvaag sacudiu de qualquer maneira, retardando o segundo golo lusitano. No minuto seguinte, o jogador do Benfica foi o vértice afiado de uma combinação que terminou com a bola colada às malhas nórdicas, com Fábio Cecílio a construir, a receber e a finalizar a vistosa jogada (2-0 aos 8').

Com uma emenda à boca da baliza, embora apertado por um adversário, Miguel Ângelo podia ter aumentando a contagem aos 14'; o mesmo aconteceu aos 17', acertando então em cheio no ferro! A primeira parte fechou com 2-0 a favor das cores portuguesas.

No primeiro ataque da etapa complementar (21'), Portugal alargou a diferença por intermédio de Pauleta (assistência de Pany Varela), numa jogada que no seu início teve a chancela de Fábio Cecílio: 3-0.

Uma iniciativa de Miguel Ângelo pela esquerda, terminada com um remate com o pé canhoto, deu que fazer ao guarda-redes Kenneth Rakvaag aos 30'. A Seleção voltava a forçar em busca de mais golos e, com uma assistência de Tiago Brito (e conclusão de Erick Mendonça), alcançou o 4-0 ao minuto 32.

Com André Coelho e Bruno Coelho também envolvidos nas manobras da equipa nacional, houve ainda várias oportunidades para elevar o score, mas o marcador não tornou a avançar: 4-0 foi o resultado final.

Cinco inicial de Portugal: Gonçalo Portugal, Erick Mendonça, Bruno CoelhoMiguel ÂngeloTiago Brito.

Suplentes: Rui Pedro, João Matos, André Coelho, Fábio Cecílio, Márcio, Pany, Pauleta, Pedro Cary e Ludgero.

Fotos: FPF

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar