30 de agosto de 2018, 12h23

"Força psicológica" do Benfica na hora da verdade

Futebol

Como a Imprensa internacional viu o triunfo da equipa de Rui Vitória em casa do PAOK e o consequente apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

A "reação" e a "força psicológica" do Benfica no Estádio Toumba foram valorizadas pela Imprensa internacional na análise ao triunfo (1-4) sobre o PAOK que conduziu as águias ao apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões pela nona época seguida.

Em Salonica, na segunda mão do play-off da Champions, num palco onde o PAOK não perdia desde 31 de maio de 2017, a equipa orientada por Rui Vitória "não se deixou abalar" pelo golo inaugural da equipa da casa, na leitura do diário italiano "La Gazzetta dello Sport". "Um poderoso cabeceamento do capitão Jardel" igualou a partida, recordou aquele quotidiano, que viu as águias gerirem o jogo "sem riscos" e garantirem "uma importante qualificação" depois do 1-4.

Rúben Dias

"Com um PAOK totalmente abatido após o 1-3, o Benfica selou o resultado no início do segundo tempo", escreveu "A Tarde", no Brasil. "A equipa grega ainda perdeu a cabeça nos minutos finais, exagerou nas faltas e perdeu o brasileiro Léo Matos, expulso", anotou a mesma publicação na edição online.

Ainda do outro lado do Atlântico, o diário argentino "Olé!" destacou a forma como o Benfica reagiu "para dar a voltar aos acontecimentos" em Salonica "com dois golos de Salvio". A página online do canal televisivo TycSports também puxou o compatriota para o centro do palco e apontou os holofotes ao "ex-Lanús" que veste a camisola 18 dos encarnados.

Oferta Badge e Personalização Camisola Benfica

Na Europa, os ingleses do "The Guardian" sublinharam a rapidez com que o Benfica chegou ao empate no reduto do PAOK e enfatizaram o facto de a qualificação das águias ter empurrado o Liverpool para o Pote 3 do sorteio da fase de grupos.

Pizzi e Jardel

Também o "L'Équipe" realçou a resposta dos encarnados à adversidade na Grécia e ao caminho que os jogadores de Rui Vitória trilharam para conquistar o apuramento, "depois de um início de jogo desfavorável". Na mesma linha, o diário desportivo alemão "Bild" assinalou a forma como as águias agarraram o jogo e "dominaram por completo os acontecimentos no terreno".

"O Benfica, duas vezes Campeão Europeu, não faltará à Liga dos Campeões 2018/19", introduziu o "Mundo Deportivo". O início pressionante "deu esperanças" ao PAOK, mas as águias "não tinham nos seus planos atirar a toalha ao chão", escreveu o importante diário desportivo com sede na Catalunha. A intervenção de Grimaldo (ex-Barcelona), em combinação com Cervi, na jogada que originou o 1-3 (assinado por Pizzi) foi igualmente destacada por aquela publicação. "O lateral-esquerdo espanhol Grimaldo voltou a fazer um grande jogo", juntou o diário desportivo "Marca".

Texto: João Sanches

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar