15 de outubro de 2018, 16h07

Shéu estreou-se há 46 anos

Futebol

Foi a 15 de outubro de 1972, num Barreirense-Benfica, que vestiu, pela primeira vez, o Manto Sagrado em jogos oficiais.

15 de outubro de 1972: o dia em que Shéu Han se estreou oficialmente com a camisola do Benfica, conquistando, nessa época, o primeiro de nove Campeonatos Nacionais.

Apesar de ter chegado à Luz em 1970, a estreia só aconteceu dois anos depois, no Barreiro, numa turma de honra, com nomes como José Henrique, Humberto Coelho, Simões, Nené ou Eusébio.

No Estádio D. Manuel de Mello, Shéu até começou no banco – juntamente com Artur Jorge –, mas, aos 80’, Jimmy Hagan fazia a última substituição do encontro: saía Toni, entrava Shéu Han. Com um golo de Humberto Coelho (55’) e um bis de Nené (61’ e 64’), os encarnados venceriam o encontro da 6.ª jornada, frente ao Barreirense, por 0-3, numa época em que conquistariam o 19.º título nacional do palmarés, o segundo consecutivo.

Shéu Han

Shéu Han despediu-se dos relvados a 21 de maio de 1989 como um autêntico campeão, pertencendo ainda a um restrito lote de jogadores que alinharam num só emblema durante toda a carreira enquanto profissionais de futebol. Pelo Benfica – onde esteve 19 anos como jogador –, somou um total de 489 jogos, 38 358 minutos, 45 golos e 17 títulos: 9 Campeonatos Nacionais, 6 Taças de Portugal e 2 Supertaças.

Quando pendurou as chuteiras, Shéu não se despediu daquela que toda a vida foi a sua casa, exercendo a função de secretário-técnico do futebol, cargo de que se despediu no dia 7 de julho deste ano – a pedido do próprio –, mantendo-se, porém, no seu Clube de sempre.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar