1 de dezembro de 2018, 21h36

Rui Vitória: “Deliciado com a qualidade da nossa exibição”

Futebol

Treinador das águias elogiou a postura da equipa, nomeadamente na segunda parte. Depois do 4-0 ao Feirense, lembrou que vem aí um ciclo de jogos para enfrentar com determinação e querer ganhar.

O treinador do Benfica, Rui Vitória, mostrou-se satisfeito pela resposta dada pela equipa, fundamentalmente na segunda parte, depois de uma semana atípica. Para o técnico, a postura dos jogadores e o apoio dos adeptos nas bancadas construíram o triunfo por 4-0 ante o Feirense.

Estádio de pé a aplaudir

“Interpreto isso com muita alegria porque é um sinal de que estamos juntos. Temos de estar juntos e unidos. O Benfica, quando está forte em campo e fora dele, é praticamente imbatível. Exibição de grande nível na segunda parte, deliciei-me com o que vi porque fizemos tudo o que tínhamos programado. Fizemos quatro golos, não demos hipóteses ao adversário de ter bola e ter oportunidades de golo. Deixou-me muito satisfeito.”

Benfica-Feireinse

Exibição categórica da equipa

“Saio daqui deliciado com a qualidade da nossa exibição na segunda parte. Desgastámos o adversário na primeira parte e tivemos uma dinâmica muito forte na segunda parte. Quem viu o jogo em casa e no Estádio sentiu, com certeza, essa confiança e vai mais satisfeito. Fico ainda muito satisfeito porque imprimimos velocidade, dinâmica e isso derrotou a equipa do Feirense.”

“Tínhamos feito um trabalho de desgaste do adversário na primeira parte com muita posse. Faltava-nos agredir o adversário. Entrámos a fazer movimentos fortes de ataque à área contrária. Com isso começou a haver espaço na equipa contrária e tivemos uma qualidade ainda maior na definição nos movimentos que estávamos a fazer. Foi uma exibição categórica na segunda parte que me deliciou.”

Benfica-Feirense

As mudanças da primeira para a segunda parte

“As palavras ao intervalo foram direcionadas para o ponto de vista técnico-tático. A postura, do ponto de vista competitivo, estava lá. E quais foram? Foram, fundamentalmente, agredir o adversário com e sem bola, ir para cima da linha defensiva contrária, alterámos o posicionamento dos nossos alas, com Rafa a ir para a direita e o Zivkovic a ir para a esquerda. Era importante entrarmos entre o central e o lateral, com movimentos de rutura naquele espaço, e o posicionamento dos dois jogadores e a postura da equipa permitiram que fosse uma segunda parte de grande nível, com jogadas de belo efeito.”

Benfica-Feirense

Apoio à equipa foi fundamental

“Senti-me um treinador de um grande clube e estamos aqui para lidar com todo o tipo de situações. Fundamental era o apoio à equipa e esse esteve presente quase todo o jogo, e principalmente na segunda parte. Sentiu-se uma grande qualidade dentro e fora do campo. Quando isso acontece, o Benfica torna-se muito forte. A dinâmica que os jogadores imprimiram ao jogo permitiu que quem estava fora se entretivesse com o jogo. Ganhámos a confiança em alguns adeptos, apesar de essa ter de ser paulatinamente ganha.”

Benfica-Feireinse

Enfrentar novo ciclo com determinação

“Desde ontem e anteontem [dias 29 e 30 de novembro] que estamos numa nova vida. Vamos dar um passo novo para o Clube também e era fundamental que houvesse esta qualidade. Vamos entrar num ciclo de jogos, temos de enfrentá-lo com esta determinação e a querer ganhar. A partir de amanhã [domingo], vamos começar a preparar o jogo de quarta-feira. A vida é feita assim: etapas, conquistas diárias. É assim que vejo e é assim que vamos continuar.”

Benfica-Feirense

Benfica unido tem muito poder

“Quando disse que temos de estar unidos abarquei todos os sectores do Universo Benfica. Temos de sentir que um Benfica unido tem muito poder e ganha uma dimensão muito grande, que é a do Benfica. Agora é continuar a trabalhar, mas estou muito contente com a exibição e com a qualidade dos jogadores.”

Benfica-Feireinse

A preparação para o jogo com o Feirense

“O jogo foi preparado. Quem foi convocado, foi a pensar neste jogo. Olho para a qualidade e para as características necessárias para este jogo. Falei em mudanças, mas elas não acontecem num estalar de dedos. As mudanças são interiores, todos nós temos de olhar para dentro e saber que tipo de mudanças temos de fazer. Para o jogo de hoje foram 18 jogadores, foram os que entendi que tinham as características capazes; quarta-feira é outro jogo. Todos os jogadores do Benfica têm de estar preparados para jogar, para se sentarem ao meu lado [no banco de suplentes] ou para se sentarem na bancada.”

Benfica-Feirense

Equipa com carácter e qualidade

“Esta equipa tem carácter e mostrou-o na segunda parte. Tem muita qualidade e apresentou-a. Isto é um sinal de grande união. Ver o Seferovic a entrar, ver que só tinha 10 minutos para jogar e para procurar um golo, e foi o que fez. Estas pequenas mensagens são transmitidas de uma forma despercebida, mas são importantes para nós.”

Texto: Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar