19 de agosto de 2019, 17h59

🎥 Jair Tavares desatou o nó!

Futebol

O Benfica levou a melhor sobre o Belenenses SAD na 2.ª jornada da Liga Revelação.

RESUMO DO JOGO

A equipa Sub-23 do Benfica, liderada por Jorge Maciel, venceu o Belenenses SAD por 1-0 na tarde desta segunda-feira (19 de agosto) no Caixa Futebol Campus, em jogo relativo à 2.ª jornada da Liga Revelação. 

Os minutos iniciais da partida ficaram marcados por uma contrariedade para a turma encarnada. Sandro Cruz lesionou-se aos 2' e teve de ceder o seu lugar a Fábio Batista.

Os comandados de Jorge Maciel tentavam implementar o seu sistema de jogo ofensivo com o esférico em circulação constante ao longo do terreno, mas a equipa do Belenenses SAD, bem organizada defensivamente, ia fechando os espaços e não deixava as águias fazerem incursões para o interior da sua área.

Jogava-se a um ritmo baixo no Caixa Futebol Campus. As duas formações lisboetas tentavam encaixar-se taticamente, mas não conseguiam chegar com clareza a zonas mais adiantadas do relvado. 

Aos 27' novo revés para o Benfica! Luís Pinheiro teve de abandonar o retângulo de jogo, sendo que para o seu lugar entrou Pedro Ganchas.

Diogo Capitão esteve perto de inaugurar o marcador aos 30'. Na sequência de um cruzamento efetuado por Tiago Araújo, o camisola 6 das águias apareceu no interior da área para cabecear, só que o esférico acabou por passar poucos centímetros por cima da barra da baliza contrária.

O conjunto de Belém estava completamente remetido à sua zona defensiva, tentava sair em contra-ataque, mas os jogadores adversários rapidamente encontravam a oposição dos atletas encarnados.

A única situação de perigo da formação azul foi criada por Tiago Castro aos 41' na marcação de um livre direto. Carlos Santos, atento, só teve de seguir a trajetória do esférico. O árbitro apitou para o fim da 1.ª parte e as duas equipas dirigiram-se aos balneários. Ao intervalo: 0-0.

RESUMO DA 1.ª PARTE

O início da 2.ª parte ficou marcado pela oportunidade perigosa criada pela equipa do Belenenses SAD. Uma rápida jogada de contra-ataque conduzida por Ricardo Vieira no flanco direito que culminou num bom cruzamento para o lado contrário. Edgar Pacheco surgiu no interior da área, rematou, mas Carlos Santos conseguiu negar o tento dos adversários.

Os azuis voltaram a estar perto do golo aos 60'. Danny Henriques aproveitou uma bola perdida no interior da área encarnada, disparou forte, contudo, a bola acabou por sair por cima da barra.

Aos 75' esteve à vista o golo do Benfica! Pedro Ganchas apareceu ao segundo poste para cabecear a bola oriunda do pontapé de canto batido por Tiago Araújo. O golpe de cabeça esteve perto de fazer balançar as redes pela primeira vez, todavia o esférico bateu no poste esquerdo.

[GOLO: 1-0]: Jogada fabricada por dois jogadores que entraram na 2.ª parte. Luís Lopes fez um passe em profundidade e Jair Tavares cavalgou vários metros, isolou-se, olhou para a baliza e, com um remate cruzado, fez mexer o marcador aos 77'.

Outro dos destaques da partida foi Ronaldo Camará. O médio encarnado continuava a dar nas vistas e conseguia guardar e levar a bola como poucos. Aos 89', e na sequência de uma boa jogada individual, ganhou uma falta em zona adiantada do terreno, no entanto, o lance não viria a causar perigo para o guarda-redes João Monteiro.

Esgotado o tempo de compensação, o árbitro da partida decidiu apitar e assim terminar a mesma. Resultado final: 1-0

Com este desfecho, o Clube da Luz alcança os primeiros três pontos na competição.

Onze incial do Benfica: Carlos Santos, Luís Pinheiro, Gonçalo Loureiro, Miguel Nóbrega, Sandro Cruz, Diogo Capitão, Tomás Azevedo, Ronaldo Camará, Tiago Araújo, Tiago Gouveia e João Borges.

Suplentes: Léo Kokubo, Fábio Batista, Pedro Ganchas, Vilius Armalas, Sérgio Andrade, Petar Pavlicevic, Jair Tavares, Gustavo Schneider e Luís Lopes.

Jorge Maciel (treinador do Benfica): "Felizmente fomos felizes no timing, nas escolhas e conseguimos vencer. Isto é uma competição altamente competitiva que valoriza os talentos que temos aqui no Caixa Futebol Campus."

Jair Tavares (jogador do Benfica): "O meu golo é fruto do trabalho da equipa. Temos vindo a trabalhar todas estas semanas para preparar estes jogos, já sabemos que na Liga Revelação é sempre até ao último minuto e fizemos apenas o nosso trabalho." 

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar