24 de agosto de 2019, 08h57

Liga NOS: raio-X do FC Porto

Futebol

O adversário do Benfica vem de uma goleada ao V. Setúbal, mas antes havia sofrido dois desaires – Krasnodar e Gil Vicente –, um deles com implicações desportivas e financeiras.

As equipas do Benfica e do FC Porto encontram-se, este sábado, às 19h00, no Estádio da Luz, para disputar a 3.ª jornada da Liga NOS. Antes do apito inicial, o Site Oficial fez o raio-X ao adversário das águias.

Na 11.ª posição da classificação após duas rondas, os portistas chegam ao clássico com a acrescida pressão de não poderem perder no Estádio da Luz, sob pena de ficarem ainda mais distantes do Benfica e da liderança da classificação. Do outro lado, o Benfica fechou a pré-temporada a ganhar a International Champions Cup e abriu a época a vencer na Supertaça e a somar dois triunfos nas duas primeiras jornadas da Liga NOS.

Ainda assim, um clássico – tal como o dérbi – é um jogo diferente dos demais. Mexe com as emoções dos adeptos e com a adrenalina dos jogadores; as questões táticas e físicas sobrepõem-se às questões técnicas.

Desde que Sérgio Conceição está ao leme da equipa, o FC Porto oscila entre o 4x4x2 e o 4x3x3. É neste último sistema tático que tem avançado, com o onze mais utilizado da temporada a ser o seguinte: Marchesín; Corona, Pepe, Marcano, Alex Telles; Danilo, Sérgio Oliveira, Matheus Uribe; Luis Díaz, Marega e Zé Luís.

Raio-X ao FC Porto

Liga NOS

Jogo Golos Assistências
Gil Vicente-FC Porto, 2-1 Alex Telles -
FC Porto-V. Setúbal, 4-0 Zé Luís (3) e Luis Díaz Luis Díaz, Pepe, Alex Telles e Marega

Na Liga NOS, os dragões arrancaram com uma derrota em Barcelos, por 2-1, mas responderam na ronda seguinte, no Estádio do Dragão, com um 4-0 ao V. Setúbal. De permeio, o FC Porto saiu eliminado da fase de acesso à Liga dos Campeões às mãos do Krasnodar (vitória 0-1 fora, derrota 2-3 em casa).

Frente aos sadinos, Sérgio Conceição fez alinhar de início um onze com seis reforços (a negrito): Marchesín; Corona, Pepe, Marcano, Alex Telles; Danilo, Romário Baró, Matheus Uribe; Luis Díaz, Marega e Zé Luís. Este último esteve mesmo em plano de evidência com um hat-trick no jogo.

Raio-X ao FC Porto

Top 3: remates

Jogador Remates
Zé Luís 8
Luis Díaz 6
Marega 4

Um dos aspetos mais explorados pelo adversário do Benfica para atacar são os corredores laterais. Um dos que muito ajudam a dar largura à equipa é Alex Telles, que é forte nos cruzamentos. Aliás, o brasileiro é quem mais usa – destacadíssimo dos demais – esta arma, com 12 centros efetuados.

Raio-X ao FC Porto

Top 3: cruzamentos

Jogador Cruzamentos
Alex Telles 12
Otávio 2
Corona 2

Apesar de o FC Porto esticar o jogo na frente e fazer uso da profundidade através dos avançados Marega e Zé Luís, é na primeira zona de construção (sector defensivo) que o esférico circula, como mostram os números do Wyscout. Com mais de 1000 passes feitos no Campeonato Nacional, os dois defesas-centrais também são construtores de jogo ofensivo. Pepe e Marcano já ultrapassaram a centena de passes.

Raio-X ao FC Porto

Top 3: passes

Jogador Passes
Pepe 185
Marcano 104
Sérgio Oliveira 89

Regressado do PAOK, onde esteve por empréstimo, o médio-centro Sérgio Oliveira entrou a todo o gás em 2019/20, mas lesionou-se (entorse no tornozelo direito) com o Krasnodar e, com base no boletim clínico do FC Porto, foi dado como uma dúvida para o clássico.

Raio-X ao FC Porto

Principais entradas

Jogador Clube
Zé Luís Spartak Moscovo
Nakajima Al Duhail
Marchesín América
Matheus Uribe América
Luis Díaz Júnior FC
Marcano Roma
Saravia Racing Avellaneda

Para a nova temporada, o FC Porto viu sair vários nomes sonantes e que integravam o onze-base da equipa. O clube foi ao mercado “refrescar” o plantel e entre as principais entradas estão Zé Luís, Nakajima, Marchesín, Uribe e Luis Díaz. Mas há outros…

Raio-X do FC Porto

Principais saídas

Jogador Clube
Éder Militão Real Madrid
Felipe Atlético de Madrid
Herrera Atlético de Madrid
Óliver Torres Sevilha
Brahimi Al Rayyan
Maxi Pereira sem clube

Dos que saíram do Dragão no mercado de transferências, destaque para os titulares Éder Militão, Felipe, Herrera e Brahimi, e ainda Óliver Torres.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Liga Portugal

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar