Futebol

17 setembro 2019, 23h22

Ferro

Foi um dos quatro jogadores da formação do Benfica que fizeram a estreia na Liga dos Campeões. Ferro jogou os 90 minutos de um desafio cujo resultado (derrota por 1-2 frente ao RB Leipzig) considerou “injusto” dadas as oportunidades criadas pelos encarnados.  

“Eles não criaram assim tantas oportunidades, nós criámos mais. Eles acabaram por ser mais eficazes, concretizaram as oportunidades que tiveram e foram mais felizes. O resultado acaba por ser injusto”, considerou na entrevista rápida.

Sobre o facto de ter pela frente jogadores como Timo Werner, o defesa de 22 anos comentou: “São jogadores de renome, de seleção. Têm outras dinâmicas. É muito bom defrontar estes jogadores, mas quem joga pelo Benfica tem de jogar da mesma maneira, seja contra o Leipzig ou outra equipa.”

Benfica-RB Leipzig

Ferro garante que o resultado não vai desmoralizar a formação encarnada, que quer ir “buscar os pontos fora”.

“Levantar a cabeça e ir à procura do golo. Estávamos por cima no jogo, mas o Leipzig é mesmo isso que procura, tentar aproveitar a transição, e foi isso que fez tanto no primeiro como no segundo golo. Fizemos um bom jogo, batemo-nos de igual para igual contra esta equipa. Temos, sobretudo, de sair de cabeça erguida e não olhar para isto como algo que nos possa deitar abaixo. É verdade que perdemos, mas não muda nada. Há muitos jogos pela frente e o grupo é equilibrado. Todas as equipas podem ganhar às outras e vamos conseguir buscar os pontos fora”, assegurou o português.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: João Paulo Trindade e Cátia Luís / SL Benfica

Última atualização: 17 de setembro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar