26 de setembro de 2019, 22h43

🎥🏀 Jogo exterior acabou por fazer a diferença

Basquetebol

SL Benfica disputa a 2.ª mão da 2.ª ronda de qualificação para a Liga dos Campeões no domingo (18h00).

RESUMO DO JOGO

Sport Lisboa e Benfica e Mornar Bar discutiram, nesta noite de quinta-feira, a 1.ª mão da 2.ª ronda de qualificação para a Liga dos Campeões de Basquetebol. No Pavilhão Fidelidade, os montenegrinos foram mais fortes (68-96), em particular no jogo exterior.

Ultrapassada a ronda 1 da Champions League, deixando para trás a formação holandesa do Donar Groningen com dois jogos plenos de raça e ambição, nova eliminatória, e precisamente a que vale o acesso à fase de grupos da competição, desta feita frente a uma experiente equipa montenegrina.

E que grande início de partida! Depois de uns primeiros instantes com os visitantes a superiorizarem-se através do jogo exterior, resposta imediata das águias… e que resposta! Jogo interior eficaz e inteligente, com os afundanços a levarem ao rubro os adeptos nas bancadas da Luz. Muito equilíbrio, com a formação comandada por Carlos Lisboa a passar para a frente com cinco minutos jogados (12-11), mantendo a posição até ao cabo do 1.º quarto (24-18). Dez minutos de grande espetacularidade!

RESUMO DO 1.º QUARTO

Reatar e os encarnados mantiveram a atitude, não se atemorizando – bem pelo contrário – face à maior envergadura física e agressividade qb do adversário. Boa entrada, contudo, de pouca duração… a formação orientada por Mihailo Pavicevic reagiu prontamente, aumentou os níveis de intensidade e, a meio do 2.º quarto, saltou para a liderança no marcador (28-29). A partir daqui até ao intervalo, mais Mornar, com a equipa de Montenegro a assumir as despesas do encontro e a superiorizar-se. Ao intervalo, 34-43.

RESUMO DO 2.º QUARTO

 Benfica a entrar decidido no 3.º quarto e a encurtar vantagens… Enorme apoio vindo das bancadas, com a Família Benfiquista a dizer presente e os jogadores a responderem em quadra. Dez minutos muito positivos dos encarnados, fruto da clara melhoria nas transições rápidas e na eficácia em geral (58-65).

RESUMO DO 3.º QUARTO

Ora, depois de estarem a 5 pontos de concretizarem a reviravolta, as águias não conseguiram suster o maior poderio do adversário. Nos derradeiros dez minutos, logo a abrir, o Mornar averbou 7 pontos consecutivos e não mais permitiu veleidades aos anfitriões. Ponto a ponto, a vantagem foi-se dilatando, com o desafio a terminar com um 68-96, após um parcial de 10-31 neste último quarto.

A alta eficácia do adversário nos lançamentos triplos acabou por fazer a diferença acentuada no marcador. O Mornar converteu 18 das 38 tentativas, o que perfez  54 pontos (eficácia de 47.4%). Já o SL Benfica marcou 4 das 19 vezes que lançou da linha dos três pontos, ou seja, obteve 12 pontos (21.1%).

Cinco inicial do Benfica: Toure’ Murry, Micah Downs, Betinho, Arnette Hallman e Gary McGhee.

A equipa viaja de seguida para Montenegro. O SL Benfica disputa a 2.ª mão da 2.ª ronda de qualificação para a Liga dos Campeões no domingo (18h00 em Portugal Continental), na cidade de Bar, num Pavilhão com capacidade para 3 mil adeptos.

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar