28 de setembro de 2019, 18h59

🎥 Futsal feminino: Benfica conquista 5.ª Supertaça do palmarés!

Futsal Feminino

Desafio entre Benfica e Novasemente ficou decidido nas grandes penalidades.

RESUMO DO JOGO

O Benfica, tricampeão nacional de futsal feminino e vencedor da Taça de Portugal, conquistou, neste sábado, a 5.ª Supertaça do palmarés, ao bater o Novasemente por 6-5 (após grandes penalidades, forçadas pelo 4-4 no fim do prolongamento). 

Na terceira final consecutiva entre os dois emblemas – com o Benfica a vencer as duas últimas – entrada avassaladora do Novasemente, que ao fim de um minuto e meio de jogo se viu a vencer por 0-2 num Pavilhão Municipal de Ponte de Sor muito bem composto.

[GOLO: 0-1] Bianca Costa aproveitou uma defesa incompleta de Ana Catarina, na sequência de um lance de bola parada (19’). Lídia Fortes rematou e, na recarga, Bianca Costa não desperdiçou.

[GOLO: 0-2] Ana Catarina saiu a jogar, bola perdida e, num chapéu do meio-campo, Angélica Alves (18’) aumentou a contagem.

Supertaça futsal feminino

O Benfica respondeu e, aos 15’, esteve à vista o primeiro golo das encarnadas. Fifó tentou um primeiro remate à figura da guarda-redes do Novasemente, sobrou para Nina que acabou por atirar para a linha de fundo. 

[GOLO: 1-2] Livre batido por Inês Fernandes, aos 10', com Raquel Santos, com um excelente remate de pé esquerdo, a bater pela primeira vez Samanta Martins.

Depois de um momento inicial em que se destabilizou com os dois golos sofridos, a formação liderada por Pedro Henriques reorganizou-se e colocou-se por cima do jogo. As oportunidades iam surgindo, mas estava lá, atenta e segura na baliza do Novasemente, Samanta Martins. 

Numa altura em que faltavam seis minutos para jogar, estava estabelecido o empate no marcador (2-2) com o Benfica a mostrar muita qualidade de jogo. 

[GOLO: 2-2] Grande trabalho de equipa. Assistência estudada de Janice – a conseguir dominar e ler o jogo – para Ana Maria Pereira, que encostou para o segundo golo das encarnadas.

[INTERVALO: 2-2] Primeira parte equilibrada, com um Campeão Nacional com mais bola, mais remates e mais oportunidades depois de ter estado a perder por 0-2. Ainda assim, as equipas recolheram aos balneários em igualdade, deixando tudo em aberto para o segundo tempo.

RESUMO DA 1.ª PARTE

A segunda metade começou repartida, com mais equilíbrio, mais disputada em todas as zonas do terreno, e as oportunidades flagrantes escassearam.

[GOLO: 3-2] Assistida por Fifó, na sequência de um canto, Raquel Santos (32'), novamente de pé esquerdo, colocou a bola no canto superior esquerdo da baliza de Samanta Martins, impotente para travar a precisão da camisola 20 do Benfica. 

Supertaça futsal feminino

As oportunidades iam surgindo para o lado das encarnadas – aos 35' Janice atirou ao poste – que, pela primeira vez na frente do marcador, estavam cada vez mais perto do objetivo. 

Quando faltavam dois minutos para jogar, Fifó viu cartão vermelho, deixando as encarnadas com menos um elemento. Uma oportunidade aproveitada pela Novasemente para igualar a partida. 

[GOLO: 3-3] Na recarga, após uma grande defesa de Ana Catarina, Balona voltou a colocar tudo em aberto, levando a decisão para o prolongamento... 

[GOLO: 4-3] Excelente remate de Nina, após passe de Inês Fernandes, a ganhar no cara a cara com Samanta Martins e a colocar o Benfica em vantagem numa altura em que se caminhava para o final da primeira parte do prolongamento (43').

O Benfica ia gerindo o resultado através da posse de bola, mas o Novasemente não baixou os braços.

[GOLO: 4-4] Remate potentíssimo de Angélica Alves, sem hipótese de defesa para Ana Catarina, voltando a igualar o encontro a dois minutos do final. 

Com o fim do prolongamento (4-4), foi nas grandes penalidades – três para cada lado – que se decidiu o desfecho do encontro. Aqui, as encarnadas foram mais fortes (Janice e Maria Pereira converteram) e, com duas grandes defesas de Ana Catarina, ergueram a 5.ª Supertaça do palmarés do Clube (2014, 2016, 2017, 2018 e 2019). 

Formação inicial do Benfica: Ana Catarina, Inês Fernandes, Fifó, Raquel Santos e Janice.

Suplentes do Benfica: Marta Sarroeira, Cátia Tavares, Nina, Sofia Jesus, Patrícia Mexia e Ana Maria Pereira. 

DECLARAÇÕES

Supertaça

"Espírito de equipa, sacrifício e sofrimento"

Pedro Henriques (treinador do Benfica): “Valeu o resultado, valeu o espírito de equipa, valeu o sacrifício e o sofrimento que estas atletas tiveram, mas este conjunto tem de dar muito mais. De certeza absoluta que nos vamos preparar para nos mostrarmos para o resto do Campeonato e darmos outra imagem daquilo que é esta equipa.”

Inês Fernandes (capitã): “É um sentimento de alívio e de felicidade. Temos de olhar para trás e admitir que temos alguma sorte que nos está a proteger. Não podemos entrar numa final a sofrer dois golos por dois erros nossos, claramente, em dois lances de estratégia mal interpretados por nós. Fizemos o mais difícil que foi recuperar a desvantagem, ficámos na frente, e acabámos por meter a corda ao pescoço outra vez e ter de ir a prolongamento. Acaba por ser uma montanha-russa de emoções, mas ficamos claramente felizes. Conseguimos permanecer na senda das vitórias.”

Janice (ala): “Não entrámos com tudo. Foram erros nossos que elas acabaram por aproveitar. Nós levantámos a cabeça, fomos para cima delas e fomos felizes.”

Supertaça futsal feminino

Ana Catarina (guarda-redes): “Foi um grande jogo de futsal. Começámos a perder por dois erros nossos, um deles meu, mas conseguimos empatar, fomos novamente para cima do jogo, foi bastante disputado, creio que dignificámos o futsal feminino, mas acima de tudo houve uma equipa que quis ganhar mais e essa equipa foi o Benfica. Visto que temos uma equipa técnica nova, este foi um bom jogo para analisarmos determinados erros que aconteceram e assim podermos melhorar para o Campeonato Nacional.”

Raquel Santos (ala): “O jogo não foi fácil. As grandes penalidades nunca são fáceis, foi um jogo bastante renhido. Fomos superiores, apesar de tudo. Cinco Supertaças são fruto da nossa persistência, do nosso trabalho. Felizmente foi para nós mais uma.”

Texto: Filipa Fernandes Garcia e Diogo Nascimento

Fotos: Diogo Pinto / FPF

PATROCINADORES MODALIDADES


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar