3 de novembro de 2019, 16h07

🎥 Hat-trick de Fernandinho a finalizar o espetáculo

Futsal

O Benfica bateu a AD Modicus por 7-2 em jogo a contar para a 8.ª jornada da 1.ª fase da Liga Placard.

RESUMO DO JOGO

A equipa de futsal do Benfica recebeu e venceu por 7-2, este domingo no Pavilhão Fidelidade (14h20), a AD Modicus, na 8.ª jornada da 1.ª fase da Liga Placard.

A partida começou com bom ritmo e com as duas equipas a mostrarem vontade de vencer.

A primeira oportunidade de perigo foi para a AD Modicus, que aos 2’ fez um aviso a André Sousa, com um remate que obrigou à concentração do guardião encarnado.

Aos 3’, a AD Modicus conseguiu chegar à finalização e inaugurou o marcador da Luz.

[GOLO: 0-1] Depois de uma recuperação de bola perto da área encarnada por Joel Queirós, este passou a Fábio Lima, que do lado esquerdo rematou e fez o primeiro golo da partida.

Logo de seguida, aos 4’, a formação visitante voltou a surpreender.

[GOLO: 0-2] Nova recuperação de bola para a AD Modicus, conduzida pelo jogador Óscar Santos, que ultrapassou a defesa benfiquista e fez o segundo tento da partida.

Os futsalistas do Benfica não se deixaram intimidar e aos 7’ diminuíram a vantagem do adversário no marcador.

[GOLO: 1-2] Na sequência de um pontapé de canto batido pelo capitão Bruno Coelho, Fábio Cecílio apareceu fora da área e com um grande tiro certeiro fez o primeiro golo das águias.

O jogo seguia frenético e com poucas paragens. À passagem do minuto 11 surgiu o segundo tento dos encarnados.

[GOLO 2-2] Fits seguiu pelo corredor direito, ultrapassou o adversário no um para um, cruzou para a área e a bola bateu na perna de Cigano, que acabou por marcar na própria baliza, estabelecendo a igualdade no marcador.

Os encarnados estavam melhor na quadra e a prova disso foi a chegada à superioridade aos 15 minutos.

[GOLO: 3-2] Combinação entre Tiago Brito e André Coelho, a sobrar para este último, que à boca da baliza não desperdiçou a oportunidade de encostar a bola para o terceiro dos vermelhos e brancos.

Os comandados de Joel Rocha mantinham-se mais fortes e a imporem-se no jogo nos minutos finais da primeira parte. O apito soou para o intervalo, altura em que o resultado continuava favorável ao Benfica.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Com as baterias recarregadas, a segunda parte começou com o Benfica cada vez mais pressionante e a criar oportunidades.

Aos 25’, a tentativa traduziu-se na quarta finalização do Clube da Luz.

[GOLO: 4-2] Robinho bateu o pontapé de canto, a bola rasteira sobrou para Miguel Ângelo e este de primeira e de pé direito atirou, com força, para as redes adversárias, não dando hipótese de defesa ao guarda-redes da equipa de Vila Nova de Gaia.

Os encarnados não davam descanso à equipa da AD Modicus e os golos continuavam a surgir.

[GOLO: 5-2] À passagem do minuto 28, o guarda-redes André Sousa subiu rapidamente com a bola, passou para o lado direito, onde estava Chaguinha e este viu Fernandinho, que estava no sítio certo para dar o quinto golo ao Benfica.

A AD Modicus tentava fechar os espaços, mas o Benfica continuava a dominar por completo o desafio.

[GOLO: 6-2] Aos 38’, André Sousa lançou a bola para a frente, esta bateu nos dois postes da baliza adversária, que estava sem guarda-redes devido à tática de cinco, para quatro que a AD Modicus estava a usar, mas estava lá Fernandinho para dar o toque final e chegar assim à meia dúzia de golos na Luz.

A poucos minutos de acabar o desafio no Pavilhão Fidelidade, ainda houve tempo para o Clube da Luz aumentar a diferença no marcador.

[GOLO: 7-2] Fernando Drasler conduziu a bola em jogada individual, chegou à área, passou para Fernandinho e e este encostou a bola para o ângulo inferior direto, fechando o placard em 7-2.

A equipa de futsal segue assim em 1.º lugar da tabela classificativa com 22 pontos, fruto de 7 vitórias e um empate. Na 9.ª jornada, os encarnados recebem o Quinta dos Lombos.

Benfica-Mocidus, 7-2

FICHA  
Local Pavilhão Fidelidade
Cinco do Benfica André Sousa, Fernando Drasler, Chaguinha, Miguel Ângelo e Fernadinho.
Suplentes André Correia, Fábio Cecílio, Tiago Brito, Bruno Coelho, Robinho e Fits.
Intervalo 3-2
Golos do Benfica Fábio Cecílio (7'), Cigano (autogolo, 12') e André Coelho (15'), Miguel Ângelo (25'), Fernandinho (28', 38' e 39').

DECLARAÇÕES

Benfica-Modicus

Joel Rocha (treinador do Benfica): “Sabemos da dificuldade de jogar com o Modicus. É uma equipa organizada, competitiva e que permite poucas finalizações. Mas o Benfica respira saúde, qualidade e muito compromisso. Coletivamente fomos muito superiores e parece-me que o Benfica foi um justo vencedor deste jogo.”

Fernandinho

Fernandinho (jogador do Benfica): “No primeiro tempo não entrámos muito competitivos, perdemos algumas bolas que lhes deram os golos. Mas no segundo tempo mudámos de mentalidade, fomos mais agressivos e isso foi importante para mudar o placard. Apesar dos meus três golos, toda a equipa é que conseguiu virar o resultado. A equipa do Modicus está de parabéns, porque é uma grande equipa.”

Texto: Márcia Dores

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar