27 de novembro de 2019, 20h52

🎥 Feito histórico para o voleibol

Voleibol

O Benfica está pela primeira vez na história da modalidade na fase de grupos da Liga dos Campeões.

RESUMO DO JOGO

Histórico! O Voleibol do Benfica carimbou o passaporte para a fase de grupos da Liga dos Campeões. No pavilhão Dom Odbojke Bojan Stranic, na Croácia, diante do Mladost Zagreb, as águias venceram, por 1-3.

A jogar em casa, com o apoio do público e por estar a perder na eliminatória, o Mladost Zagreb entrou forte e viu-se a ganhar no 1.º set, por 5-3. O Benfica respondeu e, através da eficácia de serviço, chegou aos 5-5. Forte defensivamente, o Clube da Luz passou para a frente aos 6-7. Os comandados por Marcel Matz lograram uma vantagem de dois pontos aos 9-11, mas o Mladost Zagreb não permitia grandes distâncias no marcador. Ainda assim, foram as águias a primeira equipa a chegar aos 20 pontos (17-20). Apesar do equilíbrio, a maior eficácia de serviço e na zona da rede deu ao Benfica o triunfo no 1.º set, por 20-25.

Mladost Zagreb-Benfica

No 2.º set, o Benfica começou melhor e rapidamente chegou ao 1-3, nomeadamente através do oposto Hugo Gaspar. Os croatas recuperaram e empataram 4-4. Os encarnados depressa voltaram para o comando do set e, aos 8-11, o técnico do Mladost Zagreb viu-se obrigado a pedir um desconto de tempo para assentar ideias. Todavia, nada mudou e os comandados por Marcel Matz continuaram na frente do marcador. O 2.º set terminou em 19-25 e confirmou a presença do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões, depois do 3-0 na Luz na 1.ª mão.

Com o passaporte da fase de grupos carimbado, o Benfica entrou mais descontraído no 3.º set. Porém, este começou equilibrado e com várias alternâncias no marcador. Ainda assim, os pontos iam-se sucedendo sem que nenhum dos emblemas se destacasse no resultado do set. O Mladost Zagreb alcançou uma vantagem maior aos 18-14 e acabou por ser a primeira equipa a chegar aos 20 pontos (20-16). O 3.º set fechou para os croatas, por 25-20.

No 4.º set, a entrada das águias foi dominante, com um serviço e ataque à rede muito fortes. Rapidamente, o Benfica fez 1-5 e forçou o Mladost Zagreb a parar o desafio. No recomeço, nada mudou e os encarnados aumentaram a vantagem para 1-7. A partir daqui a equipa da casa recuperou e encurtou distâncias até aos 9-11. O susto serviu de emenda e o resultado voltou a disparar para as águias até aos 10-17. Os pupilos à guarda de Marcel Matz geriram a vantagem pontual até final, fechando o 4.º set em 21-25.

Inserido na poule D, o Benfica vai partilhar grupo com os italianos do Perugia, os franceses do Tours e com os polacos do Verva Varsóvia.

Mladost Zagreb-Benfica

DECLARAÇOES

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Todos estão de parabéns! Quando digo todos, digo toda a estrutura e todo o Clube, não só a equipa. Vamos enfrentar as melhores equipas da Europa de igual para igual. Contamos sempre com o apoio dos adeptos, estão cada vez mais próximos. Os jogadores são os grandes merecedores do que foi alcançado.”

Mladost Zagreb-Benfica, 1-3

FICHA  
Local Dom Odbojke Bojan Stranic
Formação do Benfica Rapha, Hugo Gaspar, Honoré, Japa, Peter, Tiago Violas e Ivo Casas (L)
Suplentes André Lopes, Afonso Guerreiro, Theo Lopes, Zelão e Nuno Pinheiro
1.º set 20-25
2.º set 19-25
3.º set 25-20
4.º set  21-25

Texto: Marco Rebelo

Fotos: CEV e SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar