30 de novembro de 2019, 20h41

🎥 Recheio gourmet na 11.ª vitória

Futebol

Líder da Liga NOS, o Benfica bateu o Marítimo no Estádio da Luz na 12.ª jornada, numa noite com vários números redondos e um hat-trick.

RESUMO DO JOGO

Bom futebol, um hat-trick de Vinícius e ainda um golo, a abrir, de Pizzi no seu jogo 250 com o Manto Sagrado. Houve isto e muito mais na vitória gourmet do Benfica, líder da Liga NOS, sobre o Marítimo (4-0) na 12.ª jornada.

O 11.º triunfo (9.º consecutivo) foi ainda enriquecido pela centena de golos atingida pela equipa em partidas do Campeonato sob o comando de Bruno Lage, que completou 50 jogos como treinador principal das águias precisamente no desafio dedicado às Casas do Benfica.

A agitação na grande área madeirense foi madrugadora. A equipa benfiquista, repetindo o onze lançado em Leipzig na Champions League, manobrou e colocou Chiquinho cara a cara com Amir ao minuto 3, mas o guarda-redes levou a melhor, afastando para canto. Do outro lado, Odysseas mostrou a sua qualidade sustendo um remate de Maeda.

GOLO: 1-0

Do corredor direito do Benfica saiu o passe que originou a oportunidade imperdível ao minuto 8: Vinícius recebeu na área, trabalhou bem, percebeu a movimentação de Pizzi e tocou na direção do camisola 21, que pontapeou de pé esquerdo para o interior da baliza (1-0). O videoárbitro ainda perturbou um pouco os festejos, mas foi tudo legal e por isso mesmo cabalmente validado ao fim de dois minutos.

No seu jogo n.º 250 com o Manto Sagrado, Pizzi marcava o seu 9.º golo nesta Liga NOS e 15.º em 2019/20, igualando o seu melhor registo de sempre numa temporada.

GOLO: 2-0

Com alteração de papéis, o minuto 17 exibiu na Luz o segundo golo do Benfica. Numa jogada espetacular, Taarabt, no corredor central, colocou a bola de primeira no interior da área, Pizzi adornou e depressa serviu Vinícius à sua esquerda, para o brasileiro assinar o 2-0. Se o português executava a sua 5.ª assistência nesta Liga NOS, o brasileiro aumentava para seis o seu pecúlio na prova (e não ficaria por aqui!).

GOLO: 3-0

Dobrada a meia hora inicial, Pizzi, pela direita, teve espaço na área e cruzou com perigo; Amir esticou-se e mudou ligeiramente a trajetória do esférico com uma palmada, mas Vinícius, bem posicionado, interveio na recarga e elevou o score para 3-0 (31'). As águias chegavam ao golo 100 no Campeonato sob o comando de Bruno Lage, que completou nesta noite o jogo 50 como treinador do Benfica.

Desenvolvendo um bom futebol no novo relvado do Estádio da Luz, o Benfica foi somando situações para finalização. Vinícius perseguiu o hat-trick e, já no segundo tempo, alcançou-o.

GOLO: 4-0

Chiquinho, ao minuto 55, chutou de fora da área e Amir defendeu como pôde; lesto a atacar a bola solta, Vinícius usou o pé esquerdo para carimbar o 4-0. O brasileiro elevou para oito os golos na Liga NOS (12.º na época).

Os encarnados reforçavam-se como conjunto que mais fatura em 12 jornadas do Campeonato (29 golos) e que menos sofre (apenas 4).

A expulsão de Gabriel (segundo cartão amarelo) foi um contratempo para o Benfica, até porque, com 60 minutos jogados, Bruno Lage tencionava substituir o médio (Raul de Tomas estava pronto para entrar) e modificar um pouco o figurino tático.

Com 10 unidades, a equipa benfiquista continuou a mandar e a comandar. Raul de Tomas saltou para o terreno de jogo aos 69' (foi a segunda troca nas águias, visto que Tomás Tavares já rendera André Almeida no arranque do segundo tempo). O espanhol estava no sítio certo para poder gravar o quinto golo nas redes do Marítimo, mas um defensor, no limite do lance, intercetou a bola cruzada por Tomás Tavares.

A fechar a partida, uma conclusão de Jota (rendeu Cervi aos 80'), pela esquerda da área, fez saltar os adeptos, mas Amir defendeu para canto com a ponta da luva esquerda.

Black Friday Benfica

Texto: João Sanches

Fotos: David Martins e Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar