30 de novembro de 2019, 16h48

Vitória na antecâmara da Champions!

Voleibol

Na próxima jornada, o Benfica encontra o Famalicense Atlético Clube. Antes disso, há estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões.

O Benfica venceu, neste sábado, o Vitória de Guimarães (1-3) na 11.ª jornada do Campeonato Nacional de voleibol, prova onde é a única equipa invicta.

Quase diretamente da Croácia – depois do histórico apuramento para a fase de grupos da Champions League – os Campeões Nacionais deram início, no Pavilhão Unidade Vimaranense, a um ciclo de cinco jogos consecutivos fora de casa (para o Campeonato Nacional).

Saiu na frente o Vitória de Guimarães que se deparou, no decorrer do 1.º parcial, com muitas dificuldades no serviço e na organização do bloco. Do outro lado, um Benfica muito forte no ataque, a ganhar vantagem por números claros (17-25 no 1.º set).

Apesar do preenchido calendário que tem enfrentado, a formação liderada por Marcel Matz mostrou estar bem oleada, com Japa a fechar o 2.º set – mais dividido e com menos disparidade no resultado – em 21-25 (0-2).

Japa

Entraram melhor os vimaranenses no 3.º parcial, o mais equilibrado do jogo, onde a liderança do marcador se foi dividindo e a incerteza permaneceu até ao final. Depois de estar a perder por 21-24, o Vitória de Guimarães acabou por levar a melhor (28-26 no 3.º set).

O Benfica superiorizou-se no 4.º set, levou a melhor e, com 18-25, fechou o jogo em 1-3, aumentando o número de triunfos numa época em que ainda não perdeu: 10 vitórias no Campeonato Nacional, 6 na qualificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões e 1 na Supertaça

Na próxima jornada, o Benfica desloca-se, no sábado (7 de dezembro, às 18h00), até ao Pavilhão Municipal de Vila Nova de Famalicão para encontrar o Famalicense Atlético Clube.

Antes disso, há estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões. O Benfica integra a Pool D – juntamente com os polacos do Projekt Warszawa, os franceses do Tours VB e os italianos do Sir Colussi Sicoma Perugia – e é precisamente este último o primeiro adversário. A partida está agendada para as 20h30 (hora de Itália) da próxima quarta-feira, 4 de dezembro.

V. Guimarães-Benfica, 1-3

FICHA  
Local Pavilhão Unidade Vimaranense
Formação do Benfica Raphael Oliveira, Peter Wohlfi, Hugo Gaspar, Marc Honoré, Tiago Violas, Japa e Ivo Casas (L)
1.º set 17-25
2.º set 21-25
3.º set 28-26 
4.º set 18-25

Benfica-Castêlo da Maia 

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Estava tranquilo até um certo ponto... não gosto de falar sobre arbitragem, eu acho que ninguém erra por querer, mas o final foi mau. O 3.º set foi mau. Por curiosidade, vou rever os lances, porque eu acho que a nossa equipa não teve culpa. Três pontos a mais e seguimos em frente que temos ainda muitos jogos em 2019.”

[Champions]: “Temos agora adversários muitos fortes, com investimentos mais altos, que jogam ligas mais fortes, mas nós temos consciência do nosso potencial e vamos tentar equilibrar os jogos, jogar de igual para igual.”

[Gestão do calendário]: “Não gosto muito, mas é abrir mão de treinos. Temos de parar de treinar um pouco, jogar só. O que eu mais gosto é de dar treino, desafiar os jogadores, mas com esta rotina que temos tido é praticamente impossível.”

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar