28 de fevereiro de 2020, 11h06

Honramos os nossos!

Clube

É um momento que se repete anualmente, pleno de emoção e simbolismo: a entrega dos galardões de dedicação aos Sócios do Sport Lisboa e Benfica realiza-se sábado, dia 29 de fevereiro.

São 3325 os associados que, no sábado (29 de fevereiro), recebem os galardões de dedicação, sintomático de um Clube glorioso e vigoroso, cuja Mística se renova, fideliza e extravasa gerações. Aqui, honramos os nossos, num dos momentos mais marcantes e aguardados da vida associativa do Sport Lisboa e Benfica.

É algo que verdadeiramente não se explica! Há momentos inolvidáveis, que se revestem de um amor que embarga coração e voz… e há quem espere uma vida para sentir tamanha emoção. Há valores que não se esquecem, não se perdem, que nascem connosco, não se aprendem, cultivam-se, vivem-se e passam-se de geração em geração.

Sábado é dia de honrar os nossos! O Pavilhão Fidelidade é o palco, a partir das 10h00, de um dos momentos mais aguardados e importantes do ano, com o Sport Lisboa e Benfica a homenagear, de forma digna, briosa e simbólica, os associados mais dedicados.

Numa cerimónia muito especial, revestida de carácter formal, o Presidente do Benfica fará as honras, com o habitual discurso. Seguir-se-á o momento que todos aguardam… homenagear os Sócios mais dedicados, atribuindo-lhes os respetivos galardões de dedicação e filiação clubista.

Pelas mãos de Luís Filipe Vieira e seus pares serão entregues 70 anéis de platina (75 anos de filiação), 155 emblemas de ouro (50 anos) e 3100 emblemas de prata (25 anos), um número total de 3325 Sócios distinguidos. Sintomático da vitalidade de um Clube que, honrando a tradição, manteve-se sempre na vanguarda, construindo o presente com os olhos postos no futuro.

Com 75 anos de filiação, o destaque vai para o antigo membro do Conselho Fiscal do Clube (1994 a 1997), Tito Basto, e para vários ex-atletas. No atletismo, Mário Lourenço e o ex-dirigente Carlos Gaspar Santos; no andebol, Carlos Vidinha e Fernando Montalvão Silva (também jogou voleibol no Clube); no ténis de mesa, Ana Martins e Giordano Bruno; na luta, José Rodrigues Júnior.

Entre os emblemas de ouro, realce para as glórias Vítor Martins e Tamagnini Nené, e ambos dispensam apresentações! José Carlos Manaças, antigo treinador de hóquei em patins, Rafael Rovisco, antigo chefe da Contabilidade, e o jornalista Luís Miguel Pereira também serão agraciados. Ainda nos emblemas de ouro, destaque para o presidente da Fundação Benfica, Carlos Moia, e para o ex-dirigente José Ribeiro e Castro.

Na lista de 25 anos de filiação, nota para a entrega do emblema de prata a personalidades que se distinguem em várias áreas da sociedade lusa. Em funções no Clube, realce para Rui Barreira, membro do Conselho Fiscal, e José Luís Seixas, do departamento jurídico. Noutras vertentes, Luís Mira Amaral, antigo ministro das Finanças; Carlos Alberto Moniz e Luís Espinho, músicos; José Manuel Oliveira, antigo dirigente da Casa do Benfica em Famalicão.

Mais do que o valor do galardão, em causa está toda a carga simbólica e emotiva que envolve uma cerimónia que data de há já muitos anos e que se repete sempre com a mesma Mística, que se renova, que é só nossa... porque só nós sentimos assim!

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar