6 de março de 2020, 18h59

Tentativas encarnadas esbarraram no muro canarinho 

Futebol

Os Sub-23 do Benfica perderam com o Estoril Praia na 4.ª jornada da 2.ª fase da Liga Revelação. 

RESUMO DO JOGO

A equipa Sub-23 do Benfica perdeu por 3-2 com o Estoril Praia na 4.ª jornada da 2.ª fase da Liga Revelação. Guarda-redes estorilista foi protagonista ao travar vários remates das águias.

Foi do Estoril Praia a primeira ocasião de perigo na partida. Aos 8', Pedro Albino centrou com conta, peso e medida para o cabeceamento ao lado de João Oliveira. Os canarinhos continuaram a pressionar e chegaram ao golo aos 11'.

Pedro Empis forçou pelo flanco esquerdo, rematou rasteiro, mas Leo Kokubo correspondeu com uma boa intervenção. A bola sobrou para João Oliveira que, dentro da área, não perdoou. Um remate fortíssimo que não deu hipótese de defesa ao guardião nipónico (1-0).

A resposta encarnada surgiu pelo pé direito de Luís Lopes. "Duk", como é conhecido no mundo do futebol, aproveitou um mau atraso do jogador adversário e, solto de marcação, desferiu um potente remate que levava o selo de golo. Thiago Silva, atento entre os postes, voou para negar o tento da igualdade.

No xadrez tático do Benfica, implementado pelo treinador Luís Castro, era Diogo Capitão quem se aproximava dos centrais para assumir a primeira fase de construção. O médio pautava o ritmo e procurava as melhores soluções. O Benfica tinha mais posse de bola, contudo, não conseguia chegar em condições favoráveis ao último terço do terreno.

Aos 39' voltou a gritar-se golo no Estádio António Coimbra da Mota. O capitão do Estoril Praia, Pedro Albino, cavalgou vários metros pelo lado direito, levantou a cabeça e centrou para o coração da área. Miguel Nóbrega foi infeliz na altura do corte e quem aproveitou foi André Franco. O esquerdino, de costas para a baliza, teve tempo para se virar e atirar a bola para o fundo das redes (2-0).

O Benfica subiu as suas linhas, pressionou em zonas adiantadas e essa pressão acabou por gerar uma oportunidade clara de golo. Ronaldo Camará efetuou um cruzamento atrasado, Luís Lopes falhou o remate e a bola sobrou para Jair Tavares. O camisola 11, que estava posicionado na zona do segundo poste, rematou rasteiro. Aos da casa valeu mais uma vez Thiago Silva, que negou o golo dos benfiquistas com uma estirada. Ao intervalo: 2-0.

No recomeço da partida, Luís Castro decidiu refrescar o seu meio-campo, lançando Tomás Azevedo para o lugar de Henrique Jocu. Aos 52' esteve à vista o golo do Benfica. Sérgio Andrade, à entrada da área, puxou para o pé esquerdo e rematou forte. A bola ainda sofreu um ligeiro desvio num defensor canarinho antes de ser encaixada pelo guarda-redes.

Jair Tavares e Sérgio Andrade saíram aos 64'. Para os seus lugares entraram Samuel Pedro e David Barrero. As águias, mais céleres no processo ofensivo, chegaram ao golo por intermédio de Gonçalo Loureiro (71'). Frimpong bateu o pontapé de canto, o central benfiquista "subiu ao primeiro andar" e aplicou um forte golpe de cabeça (2-1).

Contra a corrente da partida, o Estoril Praia voltou a dilatar a vantagem aos 80'. João Cardoso colocou a bola no interior da área, após pontapé de canto, e Tote Gomes, ao segundo poste, cabeceou para o interior da baliza (3-1).

A um minuto dos 90, Luís Lopes foi travado em falta no interior da área e o árbitro João Santos apontou para a marca de grande penalidade. O n.º 9 das águias assumiu a conversão do castigo máximo e não perdoou. Thiago Silva atirou-se para o lado esquerdo e o remate foi em direção ao centro da baliza (3-2 aos 90').

Os encarnados tentaram até ao fim chegar ao golo da igualdade, contudo, sem sucesso. Nota para o perigoso remate de Tomás Azevedo. O médio benfiquista disparou de fora da área, mas Thiago Silva mostrou-se a um grande nível e, como um autêntico muro, negou a intenção. Resultado final: 3-2.

Classificação: 1.º Rio Ave, 35 pontos (-1 jogo); 2.º Sporting, 33 pontos (-1 jogo); 3.º Estoril, 33 pontos; 4.º Aves, 32 pontos; 5.º Benfica, 32 pontos (-1 jogo);  6.º Braga, 27 pontos (-1 jogo).

No jogo da próxima jornada (5.ª) da 2.ª fase da Liga Revelação, que se vai disputar no dia 10 de março (terça-feira), o Clube da Luz recebe o Aves, num desafio aprazado para as 11h15 no Campo n.º 1 do Benfica Campus.

LIGA REVELAÇÃO (2.ª FASE)
Estádio António Coimbra da Mota

GD ESTORIL PRAIA - SLBENFICA
3 : 2

João Oliveira (11'), André Franco (39'), Tote Gomes (80')   Gonçalo Loureiro (71'), Luís Lopes (90' gp)

Onze Inicial

 

Onze Inicial

Thiago Silva   Leo Kokubo
Bernardo Vital   Tomás Domingos
Afonso Valente   Miguel Nóbrega
Pedro Empis   Gonçalo Loureiro
Pedro Albino   Frimpong
João Oliveira   Diogo Capitão
Douglas Aurélio   Sérgio Andrade (64')
João Cardoso   Henrique Jocu (45')
Tote Gomes   Jair Tavares (64')
André Franco   Ronaldo Camará (86')
Lucho Vega   Luís Lopes
 

Suplentes

 

Suplentes

Sandro Cabral   Dylan
Rodrigo Moitas   Ricardo Araújo
Mascarenhas   Vilius Armalas
Pedro Matos   Luís Montenegro
Gabriel Castro   Tomás Azevedo (46')
João Fonseca   Samuel Pedro (64')
Bernardo Morgado   David Barrero (64')
Vasco Martins   João Borges (86')
 

Equipa de arbitragem

Árbitro João Santos
Árbitro assistente 1 Mário Silva
Árbitro assistente 2 Rui Sá

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar